22/6 a 28/6

Os principais espetáculos de dança da semana

Belle, da coreógrafa Deborah Colker, segue em cartaz. Naipi e Tarobá, da Cia Eliane Fetzer de Dança Contemporânea, de Curitiba, faz quatro apresentações

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Naipi e Tarobá – A Lenda das Cataratas do Iguaçu
Naipi e Tarobá – A Lenda das Cataratas do Iguaçu: espetáculo da Cia Eliane Fetzer de Dança Contemporânea, de Curitiba (Foto: Bruna Burkat/Divulgação)
  • A coreógrafa Deborah Colker aprenseta espetáculo baseado em Belle de Jour, livro do franco-argentino Joseph Kessel lançado em 1928 e adaptado para o cinema em A Bela da Tarde (1967), de Luis Buñuel. Trata-se de sua segunda investida em coreografia fincada em uma trama com início, meio e fim — em 2011 ela montou Tatyana, balé inspirado na obra-prima Eugênio Oneguin, romance do russo Alexander Pushkin. Aqui, é apresentada a história de uma mulher casada que passa as tardes trabalhando em um bordel. Na trilha sonora reúnem-se Miles Davis, a banda de rock Velvet Underground e música eletrônica criada por Berna Ceppas.
    Saiba mais
  • O novo trabalho da companhia de dança R.E.C. (cujo título significa “você” ou “tu” em um dialeto de Cabo Verde) tem direção de Alice Ripoll. Em cena estão Alan Ferreira, Alex Tavares, Leandro Coala, Liuz LA e Rômulo Galvão.
    Saiba mais
  • Uma pouco conhecida lenda indígena fala de um mundo governado por um deus em forma de serpente, a quem é consagrada a bela índia Naipi. O jovem Tarobá, no entanto, se apaixona pela moça e foge com ela, despertando a ira da divindade. Inspirado nesta história, o espetáculo da Cia Eliane Fetzer de Dança Contemporânea, de Curitiba, traz onze bailarinos em cena.
    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO