15/6 a 21/6

Os principais espetáculos de dança da semana

De quarta (17) a domingo (21), o renomado Balé do Teatro Bolshoi apresenta dois clássicos: Spartacus e Giselle

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Spartacus
Spartacus: clássico pelo Balé do Teatro Bolshoi (Foto: E. Fetisova/Divulgação)
  • Fundada em 1776, a companhia russa tornou-se uma daquelas unanimidades em sua área, sendo inclusive considerada patrimônio cultural da humanidade pela ONU e pela Unesco. Dezesseis anos após sua última passagem pelo Rio, o grupo retorna à cidade para apresentar, no Theatro Municipal, dois clássicos do balé: Spartacus, com música de Aram Khachaturian, e Giselle, composto por Adolphe Adam. Com apresentações de quarta (17) a sexta (19), a primeira peça narra a conhecida saga do gladiador que lidera uma revolta. O segundo espetáculo, com uma sessão no sábado (20) e duas no domingo (21), encena a história do amor de uma camponesa por um nobre disfarçado de aldeão. A Orquestra Sinfônica de Barra Mansa participa dos dois espetáculos.
    Saiba mais
  • A coreógrafa Deborah Colker aprenseta espetáculo baseado em Belle de Jour, livro do franco-argentino Joseph Kessel lançado em 1928 e adaptado para o cinema em A Bela da Tarde (1967), de Luis Buñuel. Trata-se de sua segunda investida em coreografia fincada em uma trama com início, meio e fim — em 2011 ela montou Tatyana, balé inspirado na obra-prima Eugênio Oneguin, romance do russo Alexander Pushkin. Aqui, é apresentada a história de uma mulher casada que passa as tardes trabalhando em um bordel. Na trilha sonora reúnem-se Miles Davis, a banda de rock Velvet Underground e música eletrônica criada por Berna Ceppas.
    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO