CRIANÇAS

No reino das letras

O salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens celebra a língua portuguesa recebendo 180 autores

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Na 13ª edição, aberta ao público a partir de terça (7), o Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens vai homenagear a língua portuguesa. Países lusófonos, como Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal, estarão representados entre os 72 estandes do evento, que trocou de endereço: depois de dois anos, o Centro Cultural da Ação da Cidadania, na Zona Portuária, deu lugar ao Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova.

Robusta, a programação prevê 228 lançamentos, todos com a presença dos autores, entre convidados nacionais e estrangeiros. Alguns destaques são a versão juvenil ilustrada de 1822, best-seller de Laurentino Gomes, no sábado (11), às 15h, Prima, de Guto Lins, no mesmo dia, às 13h, e O Livro dos Jogos, Brincadeiras e Bagunças do Menino Maluquinho, de Ziraldo, no domingo (12), às 17h. Todos os dias haverá bate-papo com escritores ? foram escalados 180, de 45 editoras ?, além de encontros com desenhistas. Sobrando um tempinho, vale visitar uma das três bibliotecas, divididas por faixa etária, para aproveitar ainda mais aquilo que o salão se propõe a estimular: a leitura.

13º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens. Centro de Convenções SulAmérica. Avenida Paulo de Frontin, 1, Cidade Nova, ☎ 3293-6700, ? Estácio. Segunda a sexta, 8h30 às 18h; sábado e domingo, 10h às 20h. R$ 4,00. Até 17 de junho. Abertura prometida para terça (7). Confira a programação completa em www.fnlij.org.br.

Fonte: VEJA RIO