CRIANÇAS

Público de fraldas

Festival internacional de teatro para pequenos de até 3 anos ocupa o CCBB

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Myriam Muniz Bebes/ Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Surgido na Europa no fim da década de 70, o teatro para a primeira infância foi, por um bom tempo, alvo de deboche. Graças à disposição quixotesca de artistas como o francês Laurent Dupont, um dos pioneiros nesse tipo de dramaturgia, espetáculos para crianças de até 3 anos contam hoje com respeito artístico e inspiram festivais, especialmente no exterior. No Brasil, afora uma ou outra iniciativa esporádica, o conceito não é muito divulgado. Uma realidade que pode começar a ser revista a partir do Primeiro Teatro ? I Ciclo Internacional de Teatro para Bebês, que começa na quinta (28), no CCBB.

Uma das companhias brasileiras mais envolvidas com o tema, o Sobrevento assumiu a curadoria. ?A proposta é revelar um pouco da diversidade e da provocação contidas no teatro para bebês?, diz Luiz André Cherubini, diretor do grupo. Ele também é o ator principal de Meu Jardim, espetáculo da trupe que abre a programação, com apresentações até domingo (31), às 11h e às 15h. Baseada em um livro da belga de origem iraniana Mandana Sadat, a peça conta a história de um homem que, aborrecido na solidão do deserto, decide fazer um jardim. O Sobrevento volta na semana seguinte, de 4 a 7 de agosto, com Bailarina. Dos dias 11 a 14, o italiano Antonio Catalano apresenta Tic Tac Tic Tac. Fechando os trabalhos, os espanhóis do La Casa Incierta encenam Anda!, a partir do dia 18. O pioneiro Dupont se junta aos outros artistas do festival comandando uma palestra e uma oficina.

Primeiro Teatro ? I Ciclo Internacional de Teatro para Bebês. Rec. até 3 anos. Centro Cultural Banco do Brasil, sala 26, 4º andar (40 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quinta a domingo, 11h e 15h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes. Até 21 de agosto. A partir de quinta (28).

Fonte: VEJA RIO