CRIANÇAS

Teatro

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

ERA UMA VEZ NA FLORESTA, dos Estúdios Mauricio de Sousa. Montado pela primeira vez em 2010, em São Paulo, o musical da Turma da Mônica passou por várias cidades do interior paulista, além de Brasília, Curitiba e Manaus, atraindo um público de mais de 60?000 pessoas. No palco, a pedido do elefante verde Jotalhão, Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e Chico Bento fazem um alerta sobre o perigo de extinção que correm várias espécies do planeta. Enquanto conscientiza o público, a turma de atores-bailarinos, dublados em cena, desfia repertório composto especialmente para o espetáculo. Direção de Mauro Sousa (55min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Teatro das Artes (457 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2540-6004. Sábado, domingo e feriado, 15h e 17h. R$ 60,00. Bilheteria: 15h/20h (ter. a sex.); a partir das 14h (sáb. e dom.). Cc: M. Cd: R. IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 15 de novembro.

✪✪✪ O FANTASMA DA MÁSCARA, adaptação de Victor Louis Stutz. O romance O Fantasma da Ópera, do francês Gaston Leroux, ganha versão musical infantil baseada na superprodução de Andrew Lloyd Webber que fez história na Broad­way. Na trama, a cantora de ópera Belinha (Lissah Martins) ganha dois objetos que pertenceram a um maestro: um livro e uma gaiola mágica. Interessado nos presentes, o personagem do título (Beto Marden) sequestra a mocinha. A luxuosa produção encanta os pequenos, com figurinos chamativos e projeções dinâmicas no cenário. O elenco diverte, mas às vezes abusa da gritaria. Nas músicas compostas para a peça, os atores soltam a voz em bom desempenho. Direção de Rosi Campos (70min). Livre. Estreou em 13/8/2011. Teatro Clara Nunes (527 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-9696. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.) IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até dia 25.

✪✪ FRANCISCO E O MUNDO, de Renata Mizrahi. A autora e o diretor de Joaquim e as Estrelas, também em cartaz na cidade, reencontram-se nesta produção. João Vithor Oliveira vive Francisco, filho único que tem tudo o que quer, mas sente falta da presença dos pais, com quem só se comunica através de um interfone. Solitário, o garoto acaba criando um mundo particular habitado por seus brinquedos. E são justamente um cachorro de pelúcia (Paulo Giardini), um boneco (Alexandre Barros), um caminhãozinho e um sapo de pano (ambos vividos por Marino Rocha) que vão ajudá-lo a se reaproximar dos pais. A boa premissa, infelizmente, é prejudicada pela falta de carisma do protagonista. Os atores que interpretam os brinquedos, então, roubam a cena ? especialmente Marino Rocha, divertidíssimo. Direção de Diego Molina (60min). Livre. Estreou em 13/8/2011. Centro de Referência Cultura Infância ? Teatro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1?110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 18h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (grátis). Até dia 25.

✪✪✪ JOAQUIM E AS ESTRELAS, de Renata Mizrahi. Contemplada com o Prêmio Zilka Salaberry 2010 de melhor texto, a peça conta a história de Joaquim (João Velho). Apaixonado pelas estrelas, o menino entra em pânico quando descobre que elas decidiram parar de brilhar porque ninguém mais olha para o céu. Para remediar a situação, ele recebe a ajuda dos amigos de escola, entre eles Regininha, vivida de forma impagável por Elisa Pinheiro ? destaque do entrosado elenco, com mais seis integrantes. O cenário de Doris Rollemberg é simples, mas engenhoso: a mudança de lugar dos elementos do palco materializa ambientes como a sala de aula, a rua, o quarto do protagonista e até o céu. Direção de Diego Molina (55min). Livre. Reestreou em 23/7/2011. Teatro Maria Clara Machado (124 lugares). Avenida Padre Leonel Franca, 240 (Planetário da Gávea), Gávea, ☎ 2274-7722. → Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Estac. (R$ 10,00). Até domingo (11).

KEKA TÁ NA MODA, adaptação de Helen Pomposelli e Eduardo Lyra. Baseada nos livros infantis Keka Tá na Moda e As Saias Voadoras de Keka, da consultora de moda Helen Pomposelli, a peça aborda os aspectos culturais e sociais da moda em diferentes períodos da história. A atriz Juliana Martins vive a protagonista, que vai atravessando as décadas do século XX até os dias de hoje, enquanto mostra como o vestuário evoluiu. Eliane Costa e Eduardo Andrade completam o elenco. Os figurinos são da própria Helen. Direção de Ernesto Piccolo (50min). Livre. Estreou em 27/8/2011. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, 3º andar, Ipanema, ☎ 3201-3010, ? General Osório. → Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00. Bilheteria: 15h/21h (ter. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 9 de outubro.

LEONEL PÉ-DE-VENTO, de Jair Giacomini e Tarcísio Puiati. Inspirado no premiado curta-metragem de animação homônimo, o musical conta a história de Leonel (Roberto Souza), um menino diferente: ele está sempre flutuando ? na peça, o ator permanece quase o tempo todo suspenso por cabos ou em cima de uma plataforma no cenário. Sem nunca pisar no chão, ele vira alvo de temor ou troça por parte dos habitantes da cidadezinha onde mora. Mas o garoto vê sua situação começar a mudar quando encontra Mariana (Graciela Pozzobon), recém-chegada da cidade grande. Direção de João Batista (60min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 13/8/2011. Oi Futuro Flamengo (84 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 11h (sáb. e dom.). Até 27 de novembro.

O MÁGICO DE NÓS, de César Gouvêa e Cláudio Thebas. Idealizado pelos paulistanos da Companhia do Quintal, o espetáculo propõe a participação da plateia na condução dos rumos da ação. Na base da montagem está o clássico O Mágico de Oz, de L. Frank Baum. Na história, a menina Dorothy (Paola Musatti) vai parar no mundo encantado de Oz. Tentando voltar para casa, ela encontra um Leão (César Gouvêa), um Homem de Lata (Eugênio La Salvia) e um Espantalho (Ernani Sanchez), mas a ajuda deles não é suficiente ? aí entra o público, que sobe ao palco para dar uma força. Direção de César Gouvêa (80min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Teatro Fashion Mall ? Sala 1 (470 lugares). Estrada da Gávea, 899, São Conrado, ☎ 2422-9800. → Sábado e domingo, 17h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. Estac. (R$ 5,00 por duas horas). Até dia 25.

O MENINO DETRÁS DAS NUVENS, adaptação de Maria Clara Wermelinger. Baseada no livro homônimo de Carlos Augusto Nazareth e no premiado espetáculo de 1997, do mesmo autor, a peça apresenta Zezinho (Wladimir Pinheiro), criança com enorme desejo de conhecer o mundo. A perda de um amigo, no entanto, abala esse interesse. Apenas a chegada de um circo à cidade é capaz de resgatar sua alegria ? e, de quebra, fazê-lo se descobrir um artista e encontrar seu primeiro amor. Outros quatro atores completam o elenco, que canta e toca instrumentos como piano, violino, flauta, acordeão e peças de percussão. Direção de Maria Clara Wermelinger (50min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Centro Cultural Justiça Federal (142 lugares). Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. → Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00. Bilheteria: 16h/19h (qua. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 4 de dezembro.

✪✪✪✪✪ O MENINO QUE VENDIA PALAVRAS, adaptação de Pedro Brício. Baseado no livro de Ignácio de Loyola Brandão, o espetáculo conduz os pequenos por uma aventura sobre a descoberta das palavras, mas dribla o didatismo com um jogo teatral empolgante. Na trama, Vado (Pablo Sanábio) sempre recorre ao pai (Eduardo Moscovis) quando os amigos querem saber o significado de uma palavra. É aí que ele tem a ideia de trocar essas informações por algo de valor. O ótimo elenco é completado por Letícia Colin, Renato Linhares, Luciana Fróes e Raquel Rocha. A montagem lúdica estimula a imaginação da plateia ? contando para isso com a ajuda de figurinos coloridos e cenografia com objetos infláveis e projeções, além da direção musical dos tarimbados Pedro Sá e Domenico Lancellotti. Direção de Cristina Moura (60min). Livre. Estreou em 19/8/2011. Espaço Sesc ? Arena (288 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2547-0156. Quinta e sexta, 10h30; sábado, 14h e 17h; domingo, 17h. R$ 20,00 (quem doar um livro infantil ou infantojuvenil paga R$ 7,00). Bilheteria: a partir das 9h30 (qui. e sex.); a partir das 13h (sáb.); a partir das 15h (dom.). Até domingo (11).

MOSTRA COMPANHIA DE TEATRO MEDIEVAL: 20 ANOS. A premiada trupe celebra duas décadas com um festival em que apresenta três espetáculos do seu repertório, sempre no fim de semana. O próximo, no sábado (10) e no domingo (11), é O Médico Camponês e a Princesa Engasgada. Centro Cultural Banco do Brasil ? Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Sábado e domingo, 16h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes. Até 2 de outubro.

✪✪✪✪ NA COLA DO SAPATEADO, de Gisele Saldanha, Mabel Tude, Maria Dulce Saldanha e Tânia Nardini. Bem-sucedida, a montagem estreou em 1987, misturando passos do sapateado com gêneros brasileiros como samba, frevo e choro. Diante da ameaça de um teste-surpresa de geografia, sete alunas bolam um plano. Como apenas uma delas (Maria Dulce Saldanha) domina a matéria, a turma resolve tentar colar com um código desenvolvido através de passos de sapateado. Direção de Tony Nardini (60min). Rec. a partir de 2 anos. Reestreou em 8/1/2011. Teatro do Leblon ? Sala Marília Pêra (462 lugares). Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon, ☎ 2529-7700. Sábado e domingo, 17h. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (ter. a dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IC. Até dia 25.

PORQUINHOS ? O MUSICAL, de Dharck Tavares. No palco, os suínos Cícero, Heitor e Prático dão lugar a duas porquinhas (Rosa, vivida por Evelyn Castro, e Kika, por Érika Thomas) e um porquinho (Pietro, interpretado por Rodrigo Fernando). Como na história original, os bichos se veem às voltas com o Lobo Mau (Raí Valadão) depois de construir suas casas na floresta. A trama, porém, se permite liberdades como a presença de Chapeuzinho Vermelho (Rayssa Bentes). A montagem privilegia a música, passeando por jazz, blues, pop e rock. Direção de Luis Fernando Bruno e Leandro Bispo (50min). Livre. Estreou em 11/6/2011. Teatro Vannucci (400 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-7246. → Sábado e domingo, 16h. R$ 50,00. Bilheteria: 18h/22h (ter.); 14h30/22h (qua. a sex.); a partir das 14h30 (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS. O prestigiado grupo se vale da técnica de narrar histórias utilizando tapetes nos quais são costurados cenários e personagens. Para celebrar treze anos de existência, a companhia faz uma retrospectiva do seu repertório. No sábado (10) e no domingo (11), o espetáculo Bicho do Mato une contos populares brasileiros a histórias de Ana Maria Machado e Ricardo Azevedo. Teatro Ziembinski (132 lugares). Rua Heitor Beltrão, s/nº, Tijuca, ☎ 2254-5399. Sábado e domingo, 16h. R$ 20,00. Bilheteria: 15h/20h (ter. a sex.); a partir das 9h (sáb. e dom.). R$ 20,00. Até dia 25.

TRIANGULINHA, de Mônica Alvarenga. Dança, música e artes circenses dão o tom da história sobre rejeição. A bailarina Kayo Miller interpreta Triangulinha, figura singular em um mundo de seres redondos ? que, por isso, sofre todo tipo de preconceito. Sem falas e toda coreografada, ora com movimentos circenses, ora com passos de dança contemporânea, a peça mistura linguagens, como animação e teatro gestual. Dois nomes chamam atenção na ficha técnica: a trilha sonora é de Mu Carvalho e a iluminação, de Virgílio D?Ângelo, colaborador do Grupo Corpo. Direção da autora (45min). Livre. Teatro Laura Alvim (245 lugares). Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2015, ? General Osório. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 30 de outubro. Reestreia prometida para sábado (10).

Fonte: VEJA RIO