CRIANÇAS

Teatro

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

A BELA LASANHA E A FERA RAVIÓLI, de Monica Biel. Batizadas com nomes de massa italiana, as palhaças interpretadas por Ana Barroso e Monica Biel estrelam esta montagem inspirada no famoso conto. Aqui, em um estúdio de televisão, as duas tentam interpretar a trama de A Bela e a Fera. Sem conseguir satisfazer o diretor, porém, a dupla desiste da carreira na TV. Desoladas, em um banco de praça, elas são convencidas por um grupo de crianças a encenar a história ali mesmo. Durante a sessão, as atrizes utilizam recursos de improviso e trocas de cenários e figurinos. Direção de Ana Barroso e da autora (50min). Rec. a partir de 3 anos. Reestreou em 19/11/2011. Sesc Tijuca (264 lugares). Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca, ☎ 3238-2100. Sábado e domingo, 17h. R$ 12,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 11 de dezembro.

✪✪✪✪ CABELOS ARREPIADOS, de Karen Acioly. Seis crianças - Tico (Kiko do Valle), Cora (Daíra Saboia), Dora (Haline de Oliveira), Ciro (Jonas Hammar), Clara e Flora (ambas Tatih Köhler) - não dormem desde que tiveram seus sonhos roubados. Protagonistas de um livro do alemão Wilhelm Busch, Juca e Chico (Tony Lucchesi e Jules Vandystadt) aqui interligam cinco histórias musicadas. O texto e a estética remetem a autores da literatura fantástica, como Busch e Edgar Allan Poe, e a cineastas influenciados pelo gênero, a exemplo de Tim Burton. Assim, as tramas têm um clima de terror, sem perder de vista a delicadeza. Boas canções são levadas ao vivo pelo afiado elenco. Direção da autora (55min). Rec. a partir de 7 anos. Estreou em 15/10/2011. Centro Cultural Banco do Brasil - Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Sábado e domingo, 16h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes. Até 18 de dezembro.

CINDERELLA - UM SONHO EM VENEZA, de Pedro Murad. Onze atores-cantores integram o elenco do espetáculo baseado na clássica história da Gata Borralheira. Aqui, porém, o texto se vale de uma série de liberdades em relação ao original ? sendo a principal delas a curiosa presença de Leonardo da Vinci (Diogo Venturieri Barra) na trama. Incumbido de pintar o retrato de uma mulher, ele escolhe Cinderella (Kathellen Couto), uma humilde moça da cidade que aceita posar para o artista. Aos poucos, o público vai recebendo pistas de que o trabalho resultará em uma das obras mais famosas do pintor. Enquanto isso, a jovem conta a sua história, com direito a intervenções dos outros personagens retratados pelo gênio renascentista, que ganham vida e saem dos quadros. Direção de Gabriel Cortez e Bruno Macedo (65min). Estreou em 12/11/2011. Teatro Miguel Falabella (456 lugares). Avenida Dom Helder Câmara, 5332 (NorteShopping), Cachambi, ☎ 2595-8245. Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00. Bilheteria: 14h/21h (ter. a dom.). Até 29 de janeiro.

✪✪✪ COCORICÓ - O SHOW, de Flavio de Souza. Leia em Veja Rio Recomenda. Direção de Marília Toledo (60min). Estreou em 12/11/2011. Teatro Oi Casa Grande (926 lugares). Avenida Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon, ☎ 2511-0800. Sábado, 17h; domingo, 16h. R$ 40,00 (balcão setor 3) a R$ 80,00 (plateia setor vip e camarote). Bilheteria: a partir das 12h (sáb. e dom.). IC. Até 4 de dezembro.

A FÁBRICA DE BRINQUEDOS DO PAPAI NOEL, dos Estúdios Mauricio de Sousa. Terminada a temporada de Era uma Vez na Floresta, cuja mensagem era ecológica, a Turma da Mônica volta ao palco com uma trama sobre o Natal. Desta vez, Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e Franjinha aparecem caracterizados como duendes ajudantes do Papai Noel. Enquanto criam os brinquedos que serão distribuídos às crianças, eles apresentam vários números musicais que estimulam a reflexão sobre a importância dessa data. Direção de Mauro Sousa (55min). Livre. Estreou em 19/11/2011. Teatro das Artes (457 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2540-6004. Sábado, domingo e feriados, 15h e 17h. R$ 60,00. Bilheteria: 15h/20h (ter. a sex.); a partir das 14h (sáb. e dom.). Cc: M. Cd: R. IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

FILHOTES DA AMAZÔNIA, de Beto An­dreetta. Um passarinho que não sabe voar, o filhote desafinado de uma família de sapos cantores e uma onça às voltas com um macaquinho impertinente são alguns dos bichos que estrelam o espetáculo da companhia paulista Pia Fraus. Mantendo a tradição do grupo, a montagem é baseada na técnica do teatro de bonecos. Três atores e manipuladores dão vida a cinquenta marionetes que representam várias espécies animais. Inteiramente sem falas, as diversas histórias evocam a relação entre pais e filhos. Embala o espetáculo uma trilha que remete à musicalidade dos povos indígenas e aos sons da floresta. Direção de Wanderley Piras e Adriana Telg (50min). Livre. Estreou em 19/11/2011. Caixa Cultural - Teatro Nelson Rodrigues (388 lugares). Avenida República do Chile, 230, Centro, ☎ 2262-5483, ? Carioca. → Sábado e domingo, 16h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes. Até 4 de dezembro.

✪✪✪✪ O HOMEM QUE AMAVA CAIXAS, adaptação de Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves. A bela montagem transpõe para o palco a história do livro The Man who Loved Boxes, do australiano Stephen Michael King. Em cena, aborda-se a relação entre um sujeito introvertido e seu filho. Apaixonado por caixas, o pai (Márcio Nascimento) usa objetos de sua coleção para se aproximar do garoto (um boneco manipulado por Bruno Oliveira), criando uma forma diferente de demonstrar seu afeto. Sem uma linha de diálogo, o espetáculo é tocante em sua delicadeza e o silêncio tem uma razão de ser: King, premiado autor e ilustrador, perdeu a audição aos 9 anos e teve de aprender novas formas de se comunicar com o mundo. O cenário é composto de caixas que vão se transformando em casa, montanha, castelo e aviões. O elenco canta ao vivo, acompanhado pela delicada trilha instrumental de Daniel Belquer. Direção dos autores (45min). Livre. Teatro Dulcina (429 lugares). Rua Alcindo Guanabara, 17, Centro, ☎ 2240-4879. Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Até 18 de dezembro. Reestreia prometida para sábado (26).

✪✪✪ O GATO DE BOTAS - O MUSICAL, adaptação de Walter Daguerre. Baseada no conto de Charles Perrault, a peça conta a história de um moleiro que possuía um moinho, um burro e um gato. Ao dividir sua herança entre os filhos, dá o felino (Chris Penna) ao caçula ? ele logo percebe que o bichano vai lhe trazer boas realizações, incluindo o amor de uma princesa (Andrea Veiga). O elenco se sai bem, com destaque para a ótima atua­ção de Penna. Chamam atenção os bonitos figurinos. Embalam a montagem temas compostos especialmente para o espetáculo e cantados ao vivo, além de obras de autores eruditos, como Bach. Direção de Daniel Dias da Silva (60min). Livre. Estreou em 8/10/2011. Solar de Botafogo (182 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2543-5411. Sábado, 17h; domingo, 16h. R$ 40,00 e R$ 15,00 (campanha Teatro para Todos). Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até 18 de dezembro.

✪✪✪✪ LEONEL PÉ-DE-VENTO, adaptação de Jair Giacomini e Tarcísio Puiati. Inspirado no curta de animação homônimo, o musical narra a trajetória de Leo­nel (Roberto Souza). Ele é um menino diferente por estar sempre flutuando - na peça, o ator permanece em cena suspenso por cabos ou em cima de uma plataforma. Alvo de temor ou troça por parte dos habitantes da cidadezinha onde mora, ele vê sua vida mudar com a chegada de Mariana (Graciela Poz­zobon). O desenvolto elenco dança e canta bem. Os divertidos figurinos de Mauro Leite e a caprichada cenografia de Dóris Rollemberg valorizam a montagem. Direção de João Batista (60min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 13/8/2011. Oi Futuro Flamengo (84 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 11h (sáb. e dom.). Até domingo (27).

✪✪ LOJA DE BRINQUEDOS, de Claudio Figueira. Menina (Yara Sardenberg) é uma garotinha rica. À procura de algum presente que ainda não tenha recebido, ela conhece o carente Urso Feliz (Carlos Viegas), o sabido Robô (Marcelo Klein) e outros tipos inventados pelo Criador de Brinquedos (Gabriel Titan). Entre as cenas que arrancam risos, sobressaem as palhaçadas da Bola Cansada (Daniele Falcone). Por outro lado, há coreografias tumul­tua­das, com muita gente no palco, além da trilha sonora de letras e arranjos óbvios. Direção do autor e de Carlos Arthur Thiré (60min). Livre. Estreou em 5/2/2011. Teatro Vannucci (400 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-7246. → Sábado e domingo, 18h30. R$ 50,00 e R$ 20,00 (campanha Teatro para Todos). Bilheteria: 18h/22h (ter.); 14h30/22h (qua. a sex.); a partir das 14h30 (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

✪✪✪ O MENINO DETRÁS DAS NUVENS, adaptação de Maria Clara Wermelinger. Baseada no livro homônimo de Carlos Augusto Nazareth, de 1997, a peça apresenta Zezinho (Wladimir Pinheiro), criança que sonha em conhecer o mundo. A perda de um amigo, porém, abala esse interesse. Apenas a chegada de um circo à cidade é capaz de resgatar sua alegria. Merece destaque a cenografia, simples, mas engenhosa, com adereços usados de maneira inusitada ? como guarda-chuvas que ora evocam o sol, ora um carrossel. Quatro atores completam o bom elenco, que canta e toca vários instrumentos. Direção da autora (50min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Centro Cultural Justiça Federal (142 lugares). Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. → Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00. Bilheteria: 16h/19h (qua. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 4 de dezembro.

✪✪✪ O PATINHO FEIO, adaptação de Maria Clara Machado. Na versão da dramaturga para o clássico do dinamarquês Hans Christian Andersen, cenário e figurinos de Clivia Cohen merecem menção pelo capricho. No palco estão atores oriundos do Tablado, fundado por Maria Clara (1921-2001), como George Sauma (o protagonista), cujo desempenho sobressai pelas gags físicas que divertem as crianças. As belas músicas são do maestro John Neschling. Direção de Bernardo Jablonski (1952-2011) e Fabiana Valor (60min). Livre. Reestreou em 17/9/2011. Teatro dos Quatro (402 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2540-6004. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00 e R$ 15,00 (campanha Teatro para Todos). Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 11 de dezembro.

✪✪ PORQUINHOS - O MUSICAL, adaptação de Dharck Tavares. No palco, os suínos Cícero, Heitor e Prático, estrelas da animação de 1933 da Disney, dão lugar a duas porquinhas (Rosa, vivida por Evelyn Castro, e Kika, por Érika Thomas) e um porquinho (Pietro, interpretado por Rodrigo Fernando). Como na história original, os bichos se veem às voltas com o Lobo Mau (Raí Valadão). Musicalmente, a peça não faz feio. O que destoa é o texto, indeciso entre a fidelidade ao clássico e liberdades despropositadas, como uma Chapeuzinho Vermelho passeando perdida em cena. Direção de Luis Fernando Bruno e Leandro Bispo (50min). Livre. Estreou em 11/6/2011. Teatro Vannucci (400 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-7246. → Sábado e domingo, 16h. R$ 50,00 e R$ 20,00 (campanha Teatro para Todos). Bilheteria: 18h/22h (ter.); 14h30/22h (qua. a sex.); a partir das 14h30 (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

✪ O REI LEÃO - O REINO DE SIMBA, adaptação de Grazielle Menezes. Baseado na animação da Disney, o musical conta a história do leão Simba (Gabriel Valle no papel do filhote, e Vinicius Dall Olivo, como adulto). Acusado injustamente da morte do pai, o rei Mufasa (também Dall Olivo), ele foge, deixando que seu tio, Scar (Guilherme Prates), assuma o trono. A montagem escorrega em vários quesitos ? dos figurinos mal-acabados à música dublada fora de sincronia. A semelhança com o desenho, porém, garante alguma empatia. Direção da autora (60min). Livre. Estreou em 1°/10/2011. Teatro Fashion Mall ? Sala 2 (250 lugares). Estrada da Gávea, 899, São Conrado, ☎ 2422-9800. → Sábado e domingo, 17h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. Estac. (R$ 8,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

✪✪ ROBIN HOOD, de Marco Antônio Campos e Marcello Caridade. Em 1992, os autores já haviam encenado a lenda do arqueiro inglês (com um jovem Eduardo Moscovis no elenco). Nesta nova montagem, a história do personagem (agora vivido por Márcio Miranda) que roubava dos ricos para dar aos pobres ganha contornos de musical. Compostas pelo próprio Caridade, em parceria com Hugo Lopes, as canções divertem, mas a base pré-gravada soterra a voz dos atores no palco. O carisma do elenco compensa adversidades como a cenografia simplória. Direção de Marcello Caridade (70min). Rec. a partir de 6 anos. Estreou em 8/10/2011. Teatro Fashion Mall ? Sala 1 (470 lugares). Estrada da Gávea, 899, São Conrado, ☎ 2422-9800. → Sábado e domingo, 17h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. Estac. (R$ 8,00 por duas horas). Até domingo (27).

Fonte: VEJA RIO