TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS

Grupo estreia instalação interativa no Centro

Inspirada em um conto africano, Shtim Shlim — O Sonho de um Aprendiz ocupa a Caixa Cultural, a partir de terça (27)

Por: Lais Botelho

Tapetes Contadores de Histórias em Shtim Shlim — O Sonho de um Aprendiz
Shtim Shlim — O Sonho de um Aprendiz: o ambiente pode ser visitado fora das sessões (Foto: Lipe Borges)

Criado em 1998, o grupo Tapetes Contadores de Histórias tem se dedicado a uma curiosa técnica de narração, na qual cenário e personagens ganham vida de forma lúdica em vários objetos, notadamente tapeçarias confeccionadas pelos seus integrantes. Em Shtim Shlim — O Sonho de um Aprendiz, a trupe dá um passo além: pela primeira vez, foi criada uma grande instalação de tecido, na qual é possível se sentir literalmente imerso no enredo. Ocupando a Galeria 3 da Caixa Cultural, esse ambiente, repleto de objetos gigantes, é percorrido pelos espectadores enquanto os atores Cadu Cinelli, Edison Mego, Rosana Reátegui e Warley Goulart contam a trajetória do herói do título. Inspirada em um conto de povos nômades da África, a história narra o embate entre um jovem e um feiticeiro que foi seu mestre. À parte os momentos em que serve de cenário para as sessões, nos fins de semana, a instalação pode ser visitada de terça a domingo (60min). Rec. a partir de 6 anos.

Caixa Cultural — Galeria 3 (40 lugares). Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ↕ Carioca. Peça: sábado e domingo, 16h. Instalação: terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Distribuição de senhas a partir das 15h (peça). Abertura da instalação prometida para terça (27) e estreia da peça, para sábado (31). Até 1º de março.

 

+ Confira o melhor da programação infantil em cartaz na cidade

Fonte: VEJA RIO