CRIANÇAS

Pequena miss gelada

Concorrentes dos polos Norte e Sul disputam um concurso de beleza em Petit Monstre, primeiro texto infantil de Jô Bilac

Por: Lais Botelho - Atualizado em

Thadeu Nogueira/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Vencedor do Prêmio Shell, em 2011, com Savana Glacial, Jô Bilac costuma abordar, nos seus textos, o conflito entre realidade e aparência. Em Petit Monstre, sua primeira peça infantil, o dramaturgo mira nos concursos de beleza mirim. Sandro Pamponet dirige a história sobre o título de miss universo disputado por meninas representantes de dois extremos do planeta: Maju (Adriana Valdevina), do Polo Norte, e A (Crica Rodrigues, neta do escritor Nelson Rodrigues), a beldade do Polo Sul. Kino (Aline Vargas), mãe de Maju, prefere defender valores como o afeto ao título perseguido pela filha. Por outro lado, Estalactite (Camila Vaz), a outra mãe de miss, é capaz de tudo para vencer a peleja. Com um toque de irreverência, além de cores e efeitos visuais, o espetáculo apresenta outras questões, como a perda da infância, em cenário que reproduz uma pequena cidade cercada de neve (50min). Rec. a partir de 6 anos.

Oi Futuro Flamengo (72 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-9333. Sábado e domingo, 16h. R$ 15,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Estreia prevista para sábado (22). Até 4 de agosto.

Fonte: VEJA RIO