CRIANÇAS

Novos saltimbancos

Os Fabulosos, em curta temporada nos jardins do Museu da República, apresenta um trio de simpáticos charlatões

Por: Lais Botelho - Atualizado em

Ratão Diniz/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Criada em 2009, a trupe começou com César Tavares e Marcos Camelo, parceiros no elenco do Doutores da Alegria. Os artistas aproveitavam espetáculos da companhia para testar números próprios, nos quais misturavam dramaturgia e técnicas circenses. Após um convite para participarem da peça Noites Intrépidas, da Intrépida Trupe, os rapazes conheceram Fernanda Monteiro, recém-chegada do Cirque du Soleil. Hoje um trio, Os Fabulosos levam sua arte aos jardins do Museu da República. Na encenação, de graça, batizada com o nome do grupo, o público é apresentado a uma dupla de charlatões e sua parceira (Fernanda). Eles são artistas mambembes, que ganham a vida de praça em praça, dividindo com o povo fabulosos talentos, a exemplo de leitura da mente, hipnose e maravilhas da medicina popular. Ao longo da sessão, os espectadores são convidados a participar de quadros, como o do arremessador de facas, e acompanham a transformação de um dos personagens em onça aos olhos de todos. Direção dos atores (60min). Rec. a partir de 12 anos. Estreia prevista para este sábado (3).

Museu da República (300 lugares). Rua do Catete, 153, Centro, ☎ 3235-3693. Sábado e domingo, 15h30. Grátis. Até dia 11.

Fonte: VEJA RIO