CRIANÇAS

O Boi da Cara Preta

A peça nasceu de uma inquietação da autora Barbara Duvivier, roteirista do programa dominical Esquenta! e irmã do ator e humorista Gregório Duvivier

Por: Lais Botelho - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Janderson Pires/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

A peça nasceu de uma inquietação da autora Barbara Duvivier, roteirista do programa dominical Esquenta! e irmã do ator e humorista Gregório Duvivier. Incomodada com o espaço que, na rotina das novas gerações, a tecnologia rouba de tradições culturais e da natureza, ela levou essa questão para o palco do Imperator. Em cena, Rosa (Mariana Martins) é uma menina típica dos dias de hoje, enfurnada em redes sociais e jogos eletrônicos. Quando seu pai, Francisco (Paulo Roque), a bota para dormir cantando Acalanto, clássico de Dorival Caymmi, ela fica intrigada com o tal boi da cara preta, personagem folclórico citado na letra. Na fazenda onde passa as férias, Rosa faz um novo amigo, Antonio (João Fraga), rapaz totalmente integrado à vida no campo. Longe do computador, ela também acaba encontrando o boi (interpretado pelo divertido Gabriel Jacques). A história singela é embalada por cantigas tradicionais que levantam a plateia, a exemplo de Roda Dança, Pai Francisco e De Abóbora Faz Melão. Todas as músicas são interpretadas ao vivo pelo elenco, munido de instrumentos como triângulo, agogô de coco, matraca, maraca, apitos, chocalhos e pandeirola. Direção de Daniel Dias da Silva (60min). Rec.a partir de 2 anos. Estreou em 2/11/2013.

Imperator - Centro Cultural João Nogueira (607 lugares). Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 2596-1090. Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 10h (sáb. e dom.). Até domingo (24).

Fonte: VEJA RIO