CRIANÇAS

Fábula esmaecida

De volta ao palco, Flicts, best-seller de Ziraldo, perde parte da poesia original em adaptação precária

Por: Bruna Talarico - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪

Johnny Luz Produções/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Com a história de uma cor fictícia em busca de seu lugar no mundo, o cartunista Ziraldo criou um de seus maiores best-sellers. Em nova adaptação para o palco, feita por Aderbal Freire-Filho, Flicts está em cartaz no Teatro Clara Nunes. A poesia do original esmaece em cena ? falta sutileza. Na montagem, Flicts (Eliane Carmo) vem de Caratinga, cidade natal do autor. Ela tenta ser aceita pelas outras cores, mas enfrenta resistência, traduzida em situações caricatas. Sem cenário e com figurinos que se resumem às cores dos personagens, a peça compensa sua precariedade e os clichês nas falas com alguma criatividade na atualização: o branco (Pedro Henrique Lopes), por exemplo, tornou-se um empresário ganancioso do mundo dos lápis de cor. A música de Tauã Delmiro é executada ao vivo pelo elenco. Direção de Rodrigo Rosado (50min). Rec. a partir de 2 anos. Estreou em 4/5/2013.

Teatro Clara Nunes (527 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-9696. Sábado e domingo, 16h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 28 de julho.

Fonte: VEJA RIO