CRIANÇAS

Melodia do amor

Com elenco jovem, Coração Canção se vale da música para narrar uma história romântica

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Dezoito músicas, dez atores, dois instrumentistas e uma história de amor. Assim se poderia resumir Coração Canção, espetáculo com roteiro e direção de Renata Maia, em cartaz no Teatro Clara Nunes. Sem demérito, a simplicidade joga a favor da montagem e cativa a plateia. Em cena, dois personagens sem nome, um masculino e outro feminino, são apresentados desde o primeiro encontro, na infância, quando se apaixonam, até a reconciliação final, já na idade adulta, depois de uma briga que por pouco não resulta em separação.

Despida de maiores novidades, a história encanta pelo modo como é narrada. Não há uma linha sequer de diálogo: toda a trajetória dos personagens aparece na letra de músicas, em ordem engenhosamente pensada para transmitir a ideia de continuidade. Arranjado para bateria, teclados, percussão e voz, o repertório inclui clássicos infantis, como Se Enamora (sucesso do Balão Mágico), e adultos, a exemplo de João e Maria (Chico Buarque). O elenco, de integrantes entre 8 e 25 anos, vive os dois apaixonados em diferentes faixas etárias - e, no geral, se mostra desenvolto cantando, dançando ou sapateando.

Coração Canção (50min). Livre. Estreou em 5/11/2011. Teatro Clara Nunes (527 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-9696. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

Fonte: VEJA RIO