INCLUSÃO

Claudia Werneck assina montagem social

Mãe da comediante Tatá Werneck utiliza recursos de adaptação para deficientes na peça Um Amigo Diferente?

Por: Lais Botelho - Atualizado em

um amigo diferente
O elenco do espetáculo: em busca da amizade verdadeira (Foto: PAULO RODRIGUES/DIVULGAÇÃO)

Criadora da Escola de Gente, organização dedicada à inclusão social por meio da arte, a jornalista Claudia Werneck tornou-se uma referência no combate à discriminação de pessoas com deficiência. Em 2000, como reconhecimento por seu trabalho nesta seara, ela se tornou a primeira escritora brasileira a ter seus livros recomendados simultaneamente pela Unesco e pela Unicef. No sábado (25), a autora (e mãe da comediante Tatá Werneck) leva ao palco Um Amigo Diferente?, montagem baseada em seu texto publicado em 1995. Com o auxílio de recursos como intérprete de Libras, legendas eletrônicas, audiodescrição e uma visita guiada ao cenário, a criançada confere a história de Lucas (Paulo Ricardo Filho), menino de 9 anos considerado esquisito pelos colegas de escola. Com a ajuda de seu gato Bandidão (Bruno Nunes), ele vai em busca da amizade verdadeira. No fim da sessão, os pequenos espectadores recebem um livro. Direção de Marcos Nauer (60min). Rec. a partir de 5 anos. Teatro Ipanema (222 lugares). Rua Prudentede Morais, 824, Ipanema, ☎ 2267-3750. → Sábadoe domingo, 16h. Grátis. Distribuição de senhasa partir das 14h (sáb. e dom.). Até 14 de dezembro. Estreia prometida para sábado (25).

Fonte: VEJA RIO