CRIANÇAS

Fábula baiana

O primeiro texto para teatro do ator Lázaro Ramos ganha montagem no Fashion Mall

Por: Bruna Talarico - Atualizado em

Alline Ourique / Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Há dez anos, Lázaro Ramos encarnou no cinema o mais famoso malandro da Lapa. Como protagonista do filme Madame Satã, de Karim Ainouz, conquistou prêmios no Brasil e no exterior. Longe do set, também em 2002, o ator baiano dedicou-se a um projeto artístico bem mais suave. Escreveu seu primeiro texto para teatro: a peça infantojuvenil As Paparutas. Já apresentado em outros estados, como a Bahia e o Espírito Santo, o espetáculo chega ao Rio com uma estrutura diferente. A encenação, antes defendida por elenco mirim, agora conta com intérpretes adultos.

Sob a direção de Luiz Antônio Pillar, a montagem é inspirada na festa popular homônima que acontece na Ilha do Pati, em São Francisco do Conde. A cidade do interior da Bahia, berço da família de Ramos, tem 97% de população negra ? o maior índice do país. No palco, a fábula é narrada por Jovi (Samuel de Assis), um garoto inventivo. Ele conta a história das paparutas, guardiãs da cultura africana. A chegada de uma nova integrante ao grupo (Maria Gal) desperta a insegurança da líder da turma (Renata Celidonio). A personagem decide, então, que todos sejam transformados em seu ideal de perfeição: ela mesma.

As Paparutas (80min). Rec. a partir de 7 anos. Estreia prevista para sábado (8). Teatro Fashion Mall ? Sala 2 (297 lugares). Estrada da Gávea, 899, São Conrado, ☎ 2422-9800. → Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. Estac. (R$ 8,00 por duas horas). Até 25 de novembro.

Fonte: VEJA RIO