A CALIGRAFIA DE DONA SOFIA

Peça marca estreia de Dira Paes no mundo infantil

Inspirado no livro homônimo do pernambucano André Neves, espetáculo ganha quatro apresentações gratuitas na Casa França-Brasil

Por: Lais Botelho

A Caligrafia de Dona Sofia
Dira Paes, Flavio Bauraqui e Carlos Careqa: paixão por poemas (Foto: Leandro Pagliaro/Divulgação)

Apaixonada por poesia, uma professora aposentada decora as paredes de sua casa com seus poemas preferidos, para, assim, poder lê-los a qualquer momento. Quando o espaço acaba, ela passa a escrever os versos em cartões, que são distribuídos entre os moradores da cidade. Inspirada no livro homônimo do pernambucano André Neves, a peça A Caligrafia de Dona Sofia traz a atriz Dira Paes, em sua estreia no teatro infantil, no papel da simpática senhora. Como no livro, a poesia dá o tom: há um narrador, vivido por Carlos Careqa, que conta a história em versos. Um sensível carteiro, vivido por Flavio Bauraqui, ajuda a propagar as palavras, a sabedoria e a imaginação da protagonista. Com apenas quatro apresentações gratuitas neste fim de semana na Casa França-Brasil, a peça dirigida por Luciana Buarque põe os pequenos no papel de moradores que recebem os cartões. Curiosidade: Dona Sofia foi inspirada em uma professora de pintura do autor, que, assim como a personagem, também escrevia poemas pela casa (50min). Rec. a partir de 2 anos. Estreia prevista para este sábado (6).

Casa França-Brasil (350 lugares). Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Sábado (6) e domingo (7), 11h30 e 15h30. Grátis. Distribuição de senhas meia hora antes de cada apresentação.

Fonte: VEJA RIO