inflação no chocolate

Pesquisa revela aumento de 16,5% no preço dos ovos de Páscoa em 2015

Dados levantados por pesquisador do Ibmec mostram encarecimento do produto em relação ao último ano

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

Ovos de Páscoa
Ovos de Páscoa tiveram aumento de 16,5% no último ano (Foto: Divulgação)

Todos os cariocas já estão acostumados com os prejuízos no bolso causados pelos presentes de Páscoa para os amigos e a família – não à toa a data é a segunda mais importante em vendas para os supermercados, atrás apenas do Natal. Um levantamento com dados do setor realizado pelo professor de Finanças da pós-graduação do Ibmec/RJ, Gilberto Braga, os preços dos ovos de Páscoa aumentaram em média 16,5% entre 2014 e 2015. Apesar da crise e da mudança no comportamento do consumidor, que está optando por ovos menores, o setor aposta num pequeno crescimento nas vendas.

+ Quitutes de Páscoa para fazer em casa

Considerando os ovos com peso entre 100g e 270, que concentram a maior procura dos consumidores, os aumentos ficaram entre 10% e 11% em relação ao ano passado. Já os ovos com brindes infantis registram os maiores aumentos de preços individuais.

+ Uma seleção de guloseimas de chocolate para a Páscoa

Já o aumento do preço do chocolate em barra foi bem menor, com uma média 8,8%. Os bombons e barra são opções mais baratas para quem quer manter a tradição de comer o doce na Páscoa. Uma barra de chocolate de 170g custa, em média, entre R$ 4,50 e R$ 6,00. Enquanto o mesmo peso de chocolate sob a forma de ovo custa, em média, R$ 16,00.

+ Ovos de Páscoa se destacam nas vitrines

O professor dá uma dica aos consumidores que desejam economizar: “pesquisar os preços sempre e, para quem não se importar com a correria nos últimos dias nos corredores cheios do supermercado, aguardar a chegada do sábado, véspera da Páscoa, quando os preços poderão sofrer uma queda”.

Fonte: VEJA RIO