fotografia

Dicas para tirar fotos espetaculares com uma GoPro

Os melhores ângulos e técnicas para você capturar imagens de tirar o fôlego com a câmera que já é queridinha dos cariocas

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

cristo gopro
Fotos com GoPro no alto do Cristo Redentor viraram moda entre os cariocas (Foto: Reprodução Instagram GoPro)

Com o anúncio na última semana de que a GoPro - câmera de ação que é sucesso em todo o mundo – passará a produzir seus modelos no Brasil, tudo indica que a febre dos cariocas, que já são apaixonados pelo brinquedinho tecnológico, aumentará ainda mais. Com a vinda da empresa para o país, os preços das câmeras cairão até 30%, o que deixará o produto acessível a um número bem maior de consumidores. 

Em um primeiro momento, o modelo que já está sendo produzido por aqui é o Hero 3+ Black Edition, vendido pelo preço de R$ 1.700 – uma diferença de R$ 700 em relação ao produto importado, que custa em torno de R$ 2.400. A previsão é de que no início do ano que vem a empresa comece a produzir também o seu mais recente modelo – Hero 4 – em solo nacional.

GoPro Hero 3
Modelo GoPro Hero 3+ já é produzido no Brasil: preços mais acessíveis (Foto: Divulgação)

A câmera tem algumas singularidades em relação às máquinas fotográficas tradicionais, o que exige uma técnica um pouco diferente na hora de capturar as imagens. A lente da GoPro é do tipo "olho de peixe" e possui um ângulo de abertura bem grande, que provoca uma sensação de imersão na foto. “É essa característica que permite captar imagens em primeira pessoa, o chamado point of view (ponto de vista), quando a câmera está acoplada a algum suporte preso ao corpo, simulando a visão do usuário. Os suportes de cabeça/capacete e de boca são os que cumprem melhor esta tarefa, especialmente quando usados durante a prática de esportes”, explica o fotógrafo Fernando Frazão.

O famoso bastão, que aparece na maioria das fotos tiradas com o equipamento e publicadas no Instagram, também tem uma função específica. "Ele é ótimo em diversas situações de ação, como surfe dentro d'água ou até mesmo uma praia com seu cachorro. Com ele, você consegue posicionar a câmera mais perto da ação, sem atrapalhar ou interferir no que está sendo fotografado", explica Bernardo Cartolano, que completa: "com a câmera presa na ponta do bastão, a função mais útil em foto é a de timelapse, na qual ela fotografa sozinha em intervalos de tempo pré-determinados". 

Veja outras dicas dos fotógrafos para você aproveitar ao máximo o potencial de sua GoPro e conseguir fazer cliques espetaculares:

- Por ter uma lente com ângulo muito amplo, a GoPro funciona melhor quando usada bem próxima do objeto a ser fotografado. Menos de um metro de distância é suficiente para uma foto de grupo de cinco pessoas, por exemplo, ao contrário das câmeras normais, quando é preciso dar passos de distância para que todos apareçam. É preciso se adaptar a esta diferença da lente "olho de peixe". Sempre que for fazer uma imagem, aproxime-se bastante da cena.

+ Confira 50 sugestões de presentes tecnológicos

- O bastão retrátil é um acessório muito versátil, bom para imagens em ação, selfies e fotos de grupos em que todos podem aparecer ao mesmo tempo, sem ninguém atrás da câmera.

- É recomendável usar sempre a capacidade máxima de resolução da câmera. Além de produzir imagens mais bonitas, você pode fazer uma edição mais caprichada e corrigir algum erro.

fernando gopro surfe
As imagens de surfe do fotógrafo Fernando Frazão (Foto: Fernando Frazão)

- Para suportar seu alto desempenho tendo um tamanho tão pequeno, a GoPro acaba sacrificando a vida da bateria. Tenha sempre a mão um carregador ou uma bateria reserva, e desligue a câmera sempre que não estiver usando, pois a bateria dura realmente pouco e é consumida mesmo com a câmera ligada sem uso.

- Os modelos mais avançados permitem operar a câmera através de controle remoto ou um aplicativo da GoPro para smartphones, via wi-fi. Além de fazer disparos, quem usa o smartphone pode verificar na hora o resultado. Já para quem usa modelos menos avançados, o modo de foto time-lapse é recomendado para garantir que conseguiu captar a cena desejada. Ele permite configurar a GoPro para disparar em sequência em intervalos de meio segundo, por exemplo. Dessa forma, aumentam as chances de conseguir boas fotos, basta selecionar as melhores depois. 

- Pastilhas anti-umidade são muito importantes para evitar que a lente fique embaçada quando estiver usando a caixa estanque, o que estraga todas as imagens. Se acontecer, o melhor é desligar a câmera por alguns minutos e esperar que esfrie antes de tentar novamente.

+ 50 perfis de Instagram para os mais variados gostos

gopro cachorro
O cachorro é a estrela nos ensaios de Bernardo Cartolano (Foto: Bernardo Cartolano)

- Use o modo vídeo com moderação: prefira clipes mais curtos de imagens, ao invés de filmar a cena de forma contínua. Desta forma, trabalha-se com arquivos mais leves na edição, além de poupar espaço no cartão de memória, e fica mais fácil de encontrar a parte do vídeo que deseja usar.

- A qualidade de áudio da GoPro ainda precisa ser aperfeiçoada. Caso seu vídeo precise de alto padrão, e recomendável utilizar um microfone externo.

- Use a criatividade para conseguir ângulos inusitados, a Gopro é tão pequena que pode ser acoplada numa árvore, na coleira do cachorro, no skate, na moto, no remo... são infinitas possibilidades.

- Muitos não sabem, mas é possível dar um "upgrade" na sua GoPro com diversos tipos de filtro, que deixam a imagem com aspectos diferentes. Em dias de sol e muita luz, por exemplo, uma boa opção é usar a câmera na caixa com um filtro UV. É preciso comprar o kit, desaparafusar a parte da caixa que cobre e lente e trocá-la. Não é muito simples, mas tutoriais de internet podem ajudar.

- Para quem vai fotografar durante um mergulho, é recomendável o filtro vermelho que se encaixa na frente para corrigir os tons azuis do fundo do mar, que acabam alterando as cores reais da imagem.

gopro paisagem
Bernardo Cartolano explora diferentes tipos de paisagens com a GoPro (Foto: Bernardo Cartolano)

- Uma alternativa barata e que também funciona é colocar óculos escuros na frente da lente.  Eles deixam a imagem com uma cor totalmente diferente da original, um filtro natural, sem a necessidade de manipular a imagem.

- Uma questão importante é saber se posicionar de acordo com a luz disponível, pois isso influencia diretamente no resultado final da sua foto ou vídeo. É preciso estar atento à posição do sol de acordo com o horário do dia para não fazer sombra no que está sendo fotografado, deixando o objeto mais escuro. Se isso acontecer, a camera vai ler uma área mais escura e, para compensar, vai precisar clarear/estourar a imagem. 

- Os modelos mais recentes e modernos da GoPro têm a opção de identificar o ponto principal a ser fotografado. Essa função é perfeita para quando você quer registrar está mais nos cantos do enquadramento, pois a camera lê isso da maneira mais correta. Já nas câmeras mais antigas não há essa opção e é fundamental sempre estar atento à posição da sua GoPro, para que ela esteja sempre apontando para o que deve ser registrado. 

 

Fonte: VEJA RIO