14/12 A 21/12

Confira os concertos desta semana na cidade

Bem-sucedido projeto social de desenvolvimento através da música, Orquestra de Cordas da Grota apresenta canções natalinas no Centro Cultural da Justiça Federal

Por: Lais Botelho

Orquestra de Cordas da Grota
Orquestra de Cordas da Grota: Bach, Britten e Vivaldi no repertório (Foto: Divulgação)

Coro do Theatro Municipal

Já em clima de festas de fim de ano, integrantes do conjunto são acompanhados pela pianista Eliara Puggina na interpretação da ópera Amahl e os Visitantes da Noite, de Giancarlo Menotti. Sob a regência do maes­tro Jésus Figueiredo, a apresentação ocupa o foyer do teatro como parte do concorrido projeto Ópera do Meio-Dia. Theatro Municipal — Foyer (100 lugares). Praça Marechal Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ↕ Cinelândia. Quarta (17), 12h. R$ 5,00. Bilheteria: a partir das 10h (qua.).

 

Maria da Glória Capanema Guerra

A soprano celebra o centenário de Cesar Guerra-Peixe (1914-1993) e os 150 anos de nascimento de Alberto Nepomuceno (1864-1920) em Concerto de Música Brasileira. Com apresentação feita pelo barítono Nelson Portella, o programa será defendido ainda pelos cantores Magda Belloti, Marilia Zangrandi e Fabrizio Claussen, com acompanhamento da pianista Talitha Peres. Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa — Auditório Paris Show (100 lugares). Praia do Flamengo, 340, Flamengo, ☎ 2551-1278. Quinta (18), 18h30. Grátis.

 

Orquestra de Cordas da Grota

Bem-sucedido projeto social de desenvolvimento através da música, a orquestra interpreta composições de Bach e Britten, o clássico Over the Rainbow, de Harold Arlen, e duas peças especiais de Natal: White Christmas, de Irvin Berlin, e Christmas Rapsody, de Frank Vrtacnick. Os violoncelistas Kely Pinheiro e Jonatas Silva completam o programa com Vivaldi. Centro Cultural da Justiça Federal (144 lugares Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ↕ Cinelândia. Terça (16), 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 16h (ter.).

 

Orquestra Sinfônica Brasileira

O conjunto volta à recém-reformada Cecília Meireles, comandado pelo maestro Abel Rocha. Ao longo da noite, o público vai ouvir O Telefone, de Giancarlo Menotti, e a estreia brasileira de O Perigo da Arte, composição de Tim Rescala. Sala Cecília Meireles (400 lugares). Largo da Lapa, 47, Centro, ☎ 2332-9223. Sábado (20) e domingo (21), 20h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 12h (sáb. e dom.).

Fonte: VEJA RIO