COMIDINHAS

Tudo em família

Filho e neto de padeiros comanda as fornadas do Senhor Ca., inaugurado no Flamengo

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪

roteiro-comidinhas-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Matheus Mattos, 24 anos, é ator. Nascido em Sapucaia, cidade fluminense na fronteira com Minas Gerais, ainda garoto foi morar em Juiz de Fora, onde integrou uma companhia de teatro. No Rio há sete anos, formou-se em artes cênicas na CAL e na Faculdade da Cidade. Sem abandonar a profissão, finalmente sucumbiu à tradição familiar. Filho e neto de padeiros, ele abriu, no último dia 14, o Senhor Ca. Misto de cafeteria e padaria, o endereço no final da Rua Marquês de Abrantes é uma bem-vinda novidade no Flamengo.

Receitas fornecidas pelo pai, Carlos Roberto de Souza, há meio século no ramo, resultam na ótima baguete (R$ 12,90 o quilo), de casca grossa e crocante protegendo o miolo macio, entre outras fornadas. A lista da casa tem pão australiano, lituano (de cerveja), de quinoa e de açaí com granola (R$ 17,90 o quilo). Qualquer das opções disponíveis pode ser usada no preparo do sanduíche, com recheios como pastrami, queijo cacciocavalo e geleia de pimenta (R$ 12,90).

Uma seção de combinados, servidos a qualquer hora do dia, garante o café da manhã ou o lanche da tarde. A sugestão mais completa traz dois pães à escolha, geleia, manteiga, mel, Polenguinho, bolo da casa, financier, biscoitinhos e duas bebidas (café ou suco) por R$ 30,90. Da ala doce, o saboroso bolo de cenoura coberto de chocolate (R$ 3,50 a fatia) cai bem na companhia de um expresso (R$ 2,90). A decoração charmosa, apoiada em madeira, lustres modernosos e uma tirinha do personagem Calvin reproduzida em um grande painel, torna a visita ao lugar um programa agradável. No deque ainda se encontram mesas cobertas por ombrelones. O único porém foi o atendimento, que precisa ganhar agilidade.

Senhor Ca. Rua Marquês de Abrantes, 219, lojas C e D, Flamengo, ☎ 2553-0716 (50 lugares). 8h/22h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2011.

Fonte: VEJA RIO