COMIDINHAS

Cantinho de delícias

Dentro de uma loja no shopping VillageMall, filial do Café Besi oferece doces e salgados apetitosos

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪✪

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)

Inaugurado em 2009, no Centro, o Café Besi logo ganhou vida própria, mesmo instalado nos fundos da arrojada loja Besi, de utensílios de cozinha e artigos para o lar. A fórmula tem tudo para funcionar mais uma vez, agora no shopping de luxo VillageMall. Na filial da Barra, aberta em dezembro, os clientes se acomodam em agradável espaço de decoração contemporânea. Sofás vermelhos, mesas de madeira e bancos de ferro colorido espalham-se pelo salão.

As sugestões do cardápio resolvem o lanche e até um almoço rápido de quem vai às compras. Quiches, saladas, sanduíches e doces (o ponto forte da lista) ficam expostos em uma vitrine. Delicado e doce na medida, o muffin de blueberry (R$ 6,00) é envolvido por uma casquinha de açúcar cristalizado. Oferecidas pelo mesmo preço, chocolate e morango são as outras versões disponíveis do bolinho. Com curioso formato desengonçado, os cookies (R$ 5,00 cada um) ganham três preparos: o clássico, só de chocolate, o que reúne chocolates meio-amargo, branco e ao leite, e o tradicional, deliciosa receita de açúcar mascavo, canela e gotas de chocolate. Para acompanhá-los, prove o frapê, mistura gelada de sorvete de chocolate, leite e café expresso, aromatizado com avelã e coberto de chantili (R$ 10,00). A ala salgada não desaponta. Entre os apetitosos sanduíches, o vegetariano vem na ciabatta, recheado de berinjela e abobrinha grelhadas, mussarela de búfala e tomate seco (R$ 10,00 ou R$ 15,00, o inteiro). Outra dica bacana para beber são os refrescos Joy (R$ 6,00), feitos com fruta natural e quase nada de açúcar. O de frutas vermelhas é uma delícia.

Café Besi. Avenida das Américas, 3900, 2º piso (VillageMall), Barra, ☎ 3252-2635 (36 lugares). 11h/23h (dom. 13h/21h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 10,00 por duas horas) ↔ www.besi.com.br. Aberto em 2013.

Fonte: VEJA RIO