saúde

Conheça os benefícios de cada tipo de chá

Seja para ajudar a fortalecer o sistema imunológico ou para emagrecer, a bebida é uma grande aliada do corpo humano

Por: Luna Vale - Atualizado em

Com a chegada do inverno, as bebidas quentes ganham destaque no cardápio dos cariocas. Consumido há milhares de anos por diversas civilizações, os chás oferecem inúmeros benefícios ao corpo humano. Poderosas aliadas da saúde as ervas podem influenciar no funcionamento do organismo, seja para ajudar a curar uma gripe, na prevenção de doenças mais sérias como câncer e até na perda de peso.

Chás de A a Z

A lista de opções e sabores é quase tão vasta quanto os benefícios. Para isso, pedimos às  nutricionistas Bianca Genoese e Luciana Harfenist  que indicam qual planta usar para cada objetivo como emagrecer, acalmar, auxiliar a digestão, entre outros. Mas lembre-se: se você está grávida, amamentando ou tem algum problema de saúde, consulte seu médico antes!

emagrecer
(Foto: Lukas Guinard)

De uma forma geral, são substâncias que aceleram o metabolismo, fazendo com que o corpo gaste mais calorias e estimulando a queima da gordura corporal. Dica: combine essas ervas com gengibre ou canela, que têm função termogênica. Confira aqui receita de dois chás. 

Hibisco – Ainda diminui os níveis de colesterol, triglicerídeos e glicose, evitando a diabetes tipo 2. Elimina toxinas e ajuda no combate ao acúmulo de líquido e na prevenção de doenças cardíacas.

Branco e verde – São feitos da mesma planta, a Camellia sinensis. Ajudam a fortalecer o sistema imunológico com os polifenóis, enquanto o tanino diminui o colesterol ruim, LDL. O alto poder antioxidante também combate o câncer e retarda o envelhecimento. Podem ter efeito diurético. 

Centelha asiática – melhora a circulação pois ajuda a fortalecer os vasos sanguíneos e a eliminar as células gordurosas, combatendo celulite e varizes. Além de ser diurética e inibir o apetite. 

Mate – a ação termogênica ajuda na queima de calorias e os antioxidantes retardam o envelhecimento. Mas pelo alto grau de cafeína, deve ser consumido com moderação por quem tem gastrite ou pressão alta.

Cavalinha – Estimula a função dos rins ajudando a filtrar e eliminar os líquidos do corpo, melhorando a liberação de toxinas do organismo. O seu poder diurético torna a cavalinha como excelente emagrecedor. Entretanto, é recomendado não utilizá-la em conjunto com outros diuréticos, ou com remédios para emagrecer. A interação pode ser danosa para o organismo.

Matchá - Os flavonóides e cafeína encontrados na planta ajudam a dissolver a gordura corporal. Outro benefício é ajudar na recuperação muscular e, por isso, é muito indicado para quem pratica atividades físicas regularmente.

Hortelã - é bom para emulsionar as gorduras, auxiliando assim o emagrecimento. A planta também é rica em vitaminas A e C, além de ser fonte de ferro, que faz bem para o sangue e cálcio, que é a base da formação de ossos e dentes.

Chá vermelho – feito da mesma planta que o verde e o branco, mas com propriedades reforçadas. Evita a retenção de líquidos, promove sensação de saciedade, além de ser um poderoso antioxidante, diminuir riscos de doenças cardiovasculares, combater os triglicerídeos e o colesterol. Para melhorar ainda mais, há fortes indícios de que a substância seja antidepressiva, promovendo uma sensação de bem estar.

desiintoxicar
(Foto: Lukas Guinard)

Dente-de-leão – Ajuda a eliminar as toxinas do sangue e principalmente do fígado, ao desobstruir os canais biliares. Funciona também para melhorar o funcionamento do intestino.

Limão – a casca ajuda na desintoxicação do organismo.  A alta concentração de vitamina C o torna um poderoso antigripal, além de ser ótimo para estabilizar o PH do sangue.

Hibisco e Cavalinha (leia em para emagrecer)

Boldo (leia em digestão)

acalmar
(Foto: Lukas Guinard)

Camomila – Não tem cafeína e é rico em flavonoides e cumarina, substâncias calmantes e que estimulam a cicatrização. Além de usada para acalmar e para conter crises de ansiedade, é indicado para ajudar no tratamento de resfriados, irritações de pele, sinusites e até sintomas de TPM e cólicas menstruais.

Erva cidreira (ou capim limão/santo) – relaxa o sistema nervoso e diminui a ansiedade. Funciona também para amenizar dores de cabeça, gases e cólicas pois tem ação analgésica.

Jasmin – Oferece sensação de tranquilidade e ameniza dores de cabeça. Ajuda ainda a diminuir a compulsão por comida e no combate à retenção de líquido.

Maracujá doce (Passiflora) – Concentram  flavonoides com efeito calmante. A passiflora diminui a irritabilidade e afasta a insônia relacionada ao estresse. Pela sua ação sedativa não é indicada para quem é sonolento ou tem a pressão baixa.

Funcho (leia em digestão)

digestao
(Foto: Lukas Guinard)

Boldo – O efeito calmante sobre a flora intestinal alivia sintomas de mal estar abdominal como cólicas, enjoos e dores de estômago. Ótimo para dias de ressaca e para combater os gases. Evitar: a planta deve ser evitada por gestantes devido aos efeitos abortivos.

Funcho (erva doce) – Alivia azia e ajuda no funcionamento do intestino, combatendo a prisão de ventre. Melhora a circulação sanguínea e as funções respiratórias. Muito bom para ser ingerido antes de dormir, pois também relaxa o corpo, além de diminuir os riscos de câncer de mama e ovário.  

Carqueja – deve ser usada com cuidado e acompanhamento médico, pois tem forte ação laxante e diurética. O uso excessivo pode gerar queda de pressão.

envelhecimento
(Foto: Lukas Guinard)

Branco, verde e preto – preparados da mesma planta, a Camellia sinensis, são ricos em oxidantes

Romã (leia em Anti-inflamatório)

Mate – Tem mais antioxidantes do que o chá verde, sendo um poderoso aliado do combate ao envelhecimento precoce. Ajuda ainda na diminuição da absorção do colesterol e da glicemia, melhorando o controle da diabetes.

antiinflamatorio (1)
(Foto: Lukas Guinard)

Mil-folhas – ajuda a diluir o sangue, melhorando a circulação e aliviando dores como cólica, de cabeça e de estômago. Tem ação estimulante para combater a falta de apetite e expectorante, que auxilia no combate a gripes e resfriados.

Gengibre – Ótimo para combater asma, bronquite e inflamações na garganta. Funciona também para melhora do sistema digestivo e da circulação sanguínea, ajudando no combate à celulite. Perfeito também para ser adicionado aos chás para emagrecer, já que é um termogênico natural.

Romã – Especialmente usado para inflamações em mucosas como garganta, boca e intestino. Muito bom também para prevenir infartos e derrames ao proteger os vasos sanguíneos.

Erva-doce + canela + semente de mostarda – a combinação em porções iguais auxilia no combate às dores e na diminuição do cansaço físico, podendo ser usada diariamente. A canela tem alto poder conservante, enquanto a mostarda tem propriedades anti-inflamatórias e ajuda no funcionamento do intestino. A erva doce, ou funcho, melhora a circulação sanguínea.

 

Fonte: VEJA RIO