CINEMA

Três perguntas para Murilo Rosa

De férias das novelas, o ator volta aos cinemas no papel de um cantor sertanejo no drama Vazio Coração, cartaz de duas salas

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

FRANCISCO CEPEDA
(Foto: Redação Veja rio)

Você já tinha alguma experiência no canto?

Só havia cantado no banheiro antes. Sempre tive uma voz afinada, mas, com o passar do tempo, acabei focando em trabalhos de interpretação. Em Vazio Coração, eu me envolvi demais com o personagem e até escolhi as músicas que ele cantou. Preferi não ter um professor. Ao fazer aulas, iria receber uma orientação, e eu queria mesmo encontrar o meu jeito de soltar a voz.

Depois do filme, ficou com vontade de virar cantor?

Como ator, eu sou vários. Se trabalhasse como cantor, seria apenas um. Então, a resposta é não. A experiência, contudo, foi tão gostosa, e uma portinha se abriu. Posso fazer um musical no teatro ou mesmo um show. Não quero me gabar, mas as pessoas se impressionam quando me ouvem cantando. Como ponto de partida, o CD com as músicas do filme já está sendo lançado.

Quando você volta à TV?

Depois de Salve Jorge, continuo de férias das novelas. Fui chamado para apresentar o programa Sintonize, um especial que abre a temporada de fim de ano da Globo e vai ao ar no dia 8 de dezembro. Por coincidência, é ligado à música sertaneja e o primeiro show foi gravado em Goiânia, para 60?000 pessoas.

Confira a entrevista completa em vejario.com.br/tudosobrecinema

Fonte: VEJA RIO