CINEMA

Quem dá mais?

A história de um leiloeiro solitário no misterioso drama O Melhor Lance

Por: Miguel Barbieri Jr.

DIVULGAÇÃO
(Foto: Redação Veja rio)

O italiano Giuseppe Tornatore, de 58 anos, jamais repetiu o sucesso de público e crítica de sua obra-prima, Cinema Paradiso (1988). Também não será com o drama de suspense O Melhor Lance que o diretor reconquistará o prestígio. Contudo, Tornatore sabe bem como envolver a plateia em uma trama misteriosa e de desfecho surpreendente. Há algo de old fashioned no enredo e no formato embolorado da realização, mas nada capaz de estragar o programa. A história cobre a trajetória de Virgil Oldman (Geoffrey Rush). Esse renomado e inescrupuloso leiloeiro é um almofadinha solteiro, dono de uma coleção secreta de telas valiosas - são retratos de mulheres comprados, na base da trucagem, por um preço abaixo do de mercado. Muito requisitado, Virgil recebe o telefonema de uma herdeira com uma proposta irrecusável: ela quer os serviços dele para avaliar e leiloar todos os bens da família. A jovem Claire (Sylvia Hoeks), no entanto, vive reclusa e se nega a encontrar qualquer um pessoalmente. Aos poucos, o solitário protagonista se afeiçoa à cliente, tentando aju­dá-la a superar seus medos. Direção: Giuseppe Tornatore (La Migliore Offerta, Itália, 2013, 131min). 14 anos. Estreou em 17/7/2014.

Fonte: VEJA RIO