CINEMA

Da aldeia para Nova York

Os Smurfs mistura animação e atores numa divertida aventura pela metrópole

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

De Esqueceram de Mim 3 (1997) a Perdido pra Cachorro (2008), o cineasta Raja Gosnell comandou, sempre no piloto automático, sucessos como Vovó...Zona (2000) e Scooby-Doo (2002). Criatividade nunca foi seu forte. Os Smurfs, seu trabalho mais recente, ainda carece dela, mas, comparado às fitas anteriores, resulta num programa familiar agradável e divertido.

Criados no fim da década de 50, os seres minúsculos de cor azul eram personagens dos quadrinhos. Chegaram ao estrelato a partir de 1981 devido aos mais de 200 episódios de desenhos produzidos pela TV americana até 1990. Mostra-se acertada a transposição ao cinema. Enquanto os smurfs mantêm a origem na animação, os humanos e o vilão Gargamel são interpretados por atores. A mistura lembra a fórmula de Alvin e os Esquilos e HOP - Rebelde sem Páscoa, atrações destinadas ao público infantil que, recheadas de tiradas espertas, caíram também no agrado dos adultos.

A trama tem início na floresta imaginária dos pequeninos seres. Habitantes de uma aldeia com casas no formato de cogumelo, eles são a perfeita tradução da harmonia e da felicidade. Surge, então, Gargamel (interpretado por Hank Azaria), um feiticeiro capaz de liquidar com a paz dos baixinhos em segundos. Na correria, Papai Smurf, Smurfette (a única garota do reino) e mais quatro amigos acabam em... Nova York (!). A partir do Central Park, onde vão parar, eles defrontam com uma cidade frenética e cheia de contrastes. Meio na marra, encontram abrigo no apartamento do casal Patrick (Neil Patrick Harris) e Grace (Jayma Mays), grávida do primeiro filho. Executivo de marketing de uma fábrica de cosméticos, Patrick vive dias infernais por causa de uma chefe intransigente e de uma campanha valiosa. Os smurfs, além de incomodá-lo (motivo para risos autênticos), vão provocar uma série de contratempos em Manhattan. A agitada metrópole, inclusive, serve de palco em momentos-chave. Embora com pinta de merchandising, as sequências na loja de brinquedos FAO Schwarz respondem por situações hilárias.

Os Smurfs, de Raja Gosnell (The Smurfs, EUA, 2011, 103min). Livre. Estreou em 5/8/2011. Dublado: Bay Market 2, Box Cinemas São Gonçalo 7, Cine 10 Sulacap 6, Cinemark Carioca Shopping 4 e 8, Cinemark Downtown 6 e 8, Cinemark Plaza Shopping 2, Cinesystem Ilha Plaza 1, Cinesystem Recreio 1, Cinesystem Via Brasil 3, Iguaçu Top 2, Iguatemi 4, Kinoplex Grande Rio 6, Leblon 2, Kinoplex Fashion Mall 1, Kinoplex Leblon 2, Kinoplex Nova América 6, Madureira Shopping 3, Rio Sul 4, Roxy 1, UCI New York City Center 3, UCI Kinoplex NorteShopping 6, Via Parque 2. Legendado: Cinesystem Via Brasil 3, Leblon 2. Dublado, 3D: Box Cinemas São Gonçalo 1, Cine 10 Sulacap 1, Cinemark Botafogo 5, Cinemark Downtown 12, Cinemark Plaza Shopping 4, Cinépolis Lagoon 6, Cinesystem Bangu 2, Cinesystem Ilha Plaza 4, Cinesystem Via Brasil 4, Iguatemi 1, Kinoplex Grande Rio 5, Kinoplex Nova América 7, Kinoplex Tijuca 1, Kinoplex West Shopping 5, Rio Sul 2, São Luiz 3, UCI Kinoplex NorteShopping 1 e 2, UCI New York City Center 14, Via Parque 5. Legendado, 3D: Cinemark Downtown 12, Cinépolis Lagoon 6, Iguatemi 1, Kinoplex Tijuca 1, São Luiz 3, UCI Kinoplex NorteShopping 2, UCI New York City Center 14.

Fonte: VEJA RIO