RIO 450 ANOS

Cinemateca do MAM exibe filmes que retratam a cidade

Mostra O Rio de Janeiro no Cinema fica em cartaz durante todo o ano de 2015, a partir de 6 de fevereiro

Por: Thayz Guimarães - Atualizado em

Marcel Camus_Orfeu do Carnaval_01_300dpi_30cm
Orfeu do Carnaval (Foto: Reprodução)

A partir de sexta (6), e durante todo o ano de 2015, a Cinemateca do MAM Rio exibirá, sempre na primeira semana de cada mês, uma retrospectiva com filmes que retratam o Rio de Janeiro. A mostra será dividida em diversos temas, como os bairros cariocas, as canchadas e o olhar estrangeiro sobre a cidade. Abrindo a programação em ritmo de folia, ao longo do mês de fevereiro serão exibidos longametragens que retratam o carnaval carioca.

Completando o roteiro, a partir de 1º de março, a instalação Meu Rio cobrirá as vidraças do foyer do MAM com fotos enviadas pelo público, em uma ação colaborativa, que será incrementada ao longo de todo o ano de 2015. Para participar, basta que o participante tire uma selfie em seu lugar preferido da cidade e a envie para o email euvoceeomam@mamrio.org.br ou via Instagram, com a hashtag #euvoceeomam.

+ Mostra exibe produções russas contemporâneas

PROGRAMAÇÃO:

Fevereiro – Carnaval carioca no cinema

Dia 06 de fevereiro de 2015:

  • 18h30 - O samba que mora em mim, de Georgia Guerra-Peixe. Brasil, 2010.

Dia 07 de fevereiro de 2015

  • 16h - Amor, carnaval e sonhos, de Paulo César Saraceni. Brasil, 1971.
  • 18h - Banda de Ipanema – Folia de Albino, de Paulo César Saraceni. Brasil, 2002.
  • Orfeu do Carnaval (Orfeu Negro) de Marcel Camus. França/Brasil/Itália, 1959.

Março – Rio de Janeiro anos 1920 e 1930

  • Cidade do Rio de Janeiro, de Alberto e Paulino Botelho. Brasil, 1925.
  • A visita dos Reis Belgas ao Brasil, realizado pelo exército belga. Bélgica, 1920.
  • Lábios sem beijos, de Humberto Mauro. Brasil, 1930.
  • Mulher, de Octávio Gabus Mendes. Brasil, 1931.
  • Tereré não resolve, de Luiz de Barros. Brasil, 1939.
  • Bonequinha de seda, de Oduvaldo Vianna. Brasil, 1936.

Abril – Rio de Janeiro por Nelson Pereira dos Santos e Carlos Hugo Christensen

  • Rio Zona Norte, de Nelson Pereira dos Santos. Brasil, 1957.
  • Rio 40 graus, de Nelson Pereira dos Santos. Brasil, 1955.
  • Crônica da cidade amada, de Carlos Hugo Christensen. Brasil, 1964.
  • Esse Rio que eu amo, de Carlos Hugo Christensen. Brasil, 1962.
  • Meus amores no Rio, de Carlos Hugo Christensen. Brasil, 1959.

Maio – Rio de Janeiro aos olhos estrangeiros

  • O Homem do Rio (L’Homme de Rio), de Philippe de Broca. França, 1964.
  • 007 contra o foguete da morte (Mooraker), de Lewis Gilbert. Inglaterra/França, 1979.
  • Fábula (Mitt hem är Copacabana), de Arne Sucksdorff. Suécia/Brasil, 1964.
  • Interlúdio (Notorious), de Alfred Hitchcock. EUA, 1946.
  • Voando para o Rio (Flying down to Rio), de Thornton Freeland. EUA, 1933.
  • Orfeu do Carnaval (Orfeu Negro), de Marcel Camus. França/Brasil/Itália, 1959.

Junho – Bairros cariocas no cinema

  • Com minha sogra em Paquetá, de Saul Lachtermacher. Brasil, 1960.
  • Copacabana me engana, de Antônio Carlos da Fontoura. Brasil, 1968.
  • Garota de Ipanema, de Leon Hirszman. Brasil, 1969.
  • Praça Saens Peña, de Vinícius Reis. Brasil, 2008.
  • O Lobo atrás da porta, de Fernando Coimbra. Brasil, 2013.

Julho – Rio de Janeiro nas chanchadas

  • Sinfonia carioca, de Watson Macedo. Brasil, 1955.
  • Rio Fantasia, de Watson Macedo. Brasil, 1957.
  • O homem do sputinik, de Carlos Manga. Brasil, 1959.
  • Rico ri à toa, de Roberto Farias. Brasil, 1957.
  • Carnaval Atlântida, de José Carlos Burle e Carlos Manga. Brasil, 1952.
Marcel Camus_Orfeu do Carnaval_02_300dpi_30cm
Orfeu do Carnaval (Foto: Reprodução)

Agosto – Rio de Janeiro no cinema de animação

  • Rio, de Carlos Saldanha. EUA, 2011.
  • Rio 2, de Carlos Saldanha. EUA, 2012.
  • Meow, de Marcos Magalhães. Brasil, 1982.
  • Aquarela do Brasil (Waterfall of Brazil), dos Estúdios Disney. Brasil, 1942.
  • Uma história de amor e fúria, de Luiz Bolognese. Brasil, 2013.

Setembro – Rio de Janeiro no cinema novo

  • 5X favela, de Leon Hirzsman, Joaquim Pedro de Andrade e outros. Brasil, 1962.
  • A Grande cidade, de Carlos Diegues. Brasil, 1963.
  • Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade. Brasil, 1969.
  • El Justicero, de Nelson Pereira dos Santos. Brasil, 1967.
  • Todas as mulheres do mundo, de Domingos de Oliveira. Brasil, 1967.

Outubro – Rio de Janeiro nas comédias

Como ser solteiro no Rio, de Rosane Svartman. Brasil, 1998.

Copacabana, de Carla Camurati. Brasil, 2001.

Vai trabalhar vagabundo, de Hugo Carvana. Brasil, 1973.

O Homem nu, de Roberto Santos. Brasil, 1968.Bete balanço, de Lael Rodrigues. Brasil, 1968.

Novembro – Rio de Janeiro nos documentários

  • É tudo verdade (It’s all true), de Orson Welles. EUA/Brasil.Babilônia 2000, de Eduardo Coutinho. Brasil, 1999.
  • Cidade do Rio de Janeiro, de Humberto Mauro.Carioca – os caras e as caras, de Libero Saporeti. Brasil, 2013.
  • Santa Marta – duas semanas no morro, de Eduardo Coutinho. Brasil, 1987.

Dezembro – Rio de Janeiro no cinema contemporâneo

  • Rio em chamas, de Daniel Caetano, Vinícius Reis e Clara Lignart. Brasil, 2014.
  • Morro dos prazeres, de Maria Augusta Ramos. Brasil, 2013.
  • O Rio nos pertence, de Ricardo Pretti. Brasil, 2013.

+ Confira outros filmes em cartaz na cidade

Serviço: Mostra O Rio de Janeiro no Cinema

Cinemateca do MAM Rio - Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo

Telefone: 21. 3883.5600

Ingresso: R$ 7,00 (maiores de 60 anos e estudantes: R$ 3,00)

www.mamrio.org.br

Fonte: VEJA RIO