CINEMA

O Lobo Atrás da Porta

Suspense dramático ganha clima tenso, emoção crescente e desempenhos formidáveis no longa-metragem de estreia do cineasta Fernando Coimbra

Por: Miguel Barbieri Jr.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Gênero raro no cinema nacional, o suspense dramático ganha clima tenso, emoção crescente e desempenhos formidáveis neste longa-metragem de estreia do cineasta Fernando Coimbra. A trama já começa de forma impactante. Na delegacia, Sylvia (Fabíula Nascimento) está desesperada porque sua filha foi levada da escola por uma estranha. O encarregado do caso (papel de Juliano Cazarré) chama, então, o marido dela para depor. Depois de se esquivar de perguntas íntimas, Bernardo (Milhem Cortaz) confessa que tinha uma amante, Rosa (Leandra Leal), mas o relacionamento havia chegado ao fim. A principal suspeita é intimada a dar sua versão. No depoimento, a jovem diz ter sido obrigada por outra mulher a pegar a garota no colégio. Conforme o tempo passa, Rosa relembra como se envolveu com Bernardo e traz à tona traços de uma obsessão psicótica por trás da carinha meiga - a impecável atuação de Leandra, escolhida como melhor atriz no Festival do Rio, colabora para tornar a personagem mais crível. Direção: Fernando Coimbra (Brasil, 2013, 101min). 14 anos. Estreou em 5/6/2014.

Segunda vez: Fabíula Nascimento e Milhem Cortaz também interpretaram um casal às voltas com a infidelidade na comédia Dores de Amores

Fonte: VEJA RIO