RUMO AO OSCAR

Imprensa sensacionalista é tema de O Abutre

Jake Gyllenhaal teve de perder 14 quilos para estrelar estre drama angustiante

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

o abutre
Jake Gyllenhaal: 14 quilos mais magro para encarar o papel (Foto: Divulgação)

AVALIAÇÃO ✪✪✪ 

Na melhor e mais impactante atuação da carreira, Jake Gyllenhaal perdeu 14 quilos para estrelar este angustiante drama. O físico esquálido do personagem e o rosto pálido, consequência de noites não dormidas, são importantes na composição de Louis Bloom, sujeito asqueroso que mora em Los Angeles e sobrevive de pequenos furtos. Algo, porém, vai fazer o protagonista mudar de vida. Ao conhecer o submundo da imprensa, ele compra uma câmera, contrata um rapaz humilde e, dirigindo pelas madrugadas, sai à procura de acidentes, crimes, vítimas e mortes. O título faz todo o sentido: é a imagem do abutre à caça de uma presa agonizante. No dia seguinte, Bloom visita uma pequena emissora de TV, interessada nesse tipo de jornalismo sensacionalista, a fim de vender a, digamos, reportagem. Em seu primeiro longa como diretor, o roteirista Dan Gilroy, sem fazer julgamento moral do personagem, acerta no posicionamento crítico. A excepcional atmosfera soturna e o desenrolar de tensão eletrizante distanciam a trama do lugar-comum. Direção: Dan Gilroy (Nightcrawler, EUA, 2014, 117min). 14 anos. Estreou em 18/12/2014. 

Desempenho memorável: Jake Gyllenhaal, que concorre ao prêmio do Sindicato dos Atores (SAG) e ao Globo de Ouro, tem grande chance de emplacar uma indicação ao Oscar.

Fonte: VEJA RIO