CINEMA

Uma vida atrás da câmera

Mostra na Caixa Cultural oferece um panorama da obra do diretor Nelson Pereira dos Santos

Por: Caio Werneck - Atualizado em

Manchete GDE/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

A mostra Simplesmente Nelson, em cartaz na Caixa Cultural a partir de terça (6), leva à tela a obra do mais longevo cineasta brasileiro. Até o dia 18, serão exibidos 34 títulos. A maior parte da lista traz produções dirigidas por Nelson Pereira dos Santos, 84 anos, mas também foram selecionadas fitas nas quais ele aparece desempenhando outras funções ? em Barravento (1962), de Glauber Rocha, atração do dia 15, o cineasta trabalhou na edição. Nas sessões da primeira semana, recebem a sua assinatura clássicos nacionais, a exemplo de Rio 40 Graus (1955), precursor do cinema novo, programado para terça (6), às 17h15, e do inocentemente divertido Como Era Gostoso o Meu Francês (1971), que será exibido na quinta (8), às 15h. Da safra mais recente, destaca-se A Música Segundo Tom Jobim (2012). O melhor dos dois documentários de Nelson dedicados ao compositor passará na sexta (9), às 17h45.

Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ? Carioca, ☎ 3980-3875. R$ 4,00. Bilheteria: 10h/20h (ter. a dom.).

Confira a programação completa em abr.io/simplesmente-nelson

Fonte: VEJA RIO