CINEMA

Uma Longa Queda

Inspirada no livro homônimo de Nick Hornby, a trama extrai dos distúrbios do cotidiano uma crônica sobre a solidariedade

Por: Miguel Barbieri Jr.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Nicola Dove/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Casado e pai de família, Martin Sharp (Pierce Brosnan) caiu em desgraça. Esse premiado apresentador da TV inglesa transou com uma menor de idade, foi demitido e decidiu se jogar de um prédio em Londres. Quem teve a mesma ideia foi a dona de casa Maureen (Toni Collette), fechada para os relacionamentos porque dedica a vida a cuidar do filho com paralisia cerebral. Maureen tenta convencer Sharp a não pular - e vice-versa. Mais dois suicidas vão aparecer no pedaço: o entregador de pizza

J.J. (Aaron Paul), que tem câncer terminal, e a maluquinha Jess (Imogen Poots), arrasada após o sumiço da irmã. Há um clima denso e pesado no início, que, como se nota, logo cede espaço para o humor. Os

quatro desistem da morte e viram celebridades. E amigos. Inspirada no livro homônimo de Nick Hornby,

a trama extrai dos distúrbios do cotidiano uma crônica sobre a solidariedade. O elenco ganha pontos por uma deliciosa afinação. Brosnan tem pinta de protagonista, mas sabe dar chances para os outros brilharem. Direção: Pascal Chaumeil (A Long Way Down, Inglaterra/Alemanha, 2014, 96min). 14 anos. Estreou em 22/5/2014.

Adaptações: Alta Fidelidade (2000) e Um Grande Garoto (2002) são alguns dos filmes inspirados nos livros de Nick Hornby, escritor inglês de 57 anos

Fonte: VEJA RIO