CINEMA

Conflitos à beira-mar

Em A Visitante Francesa, três histórias ambientadas na Coreia do Sul estreladas por Isabelle Huppert

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O cinema do sul-coreano Hong Sang-soo (do recente Hahaha) pode parecer tosco na superfície. Faz parte, porém, da brincadeira lúdica proposta por esse bem-humorado realizador. Em sua nova comédia, ele divide a trama em três episódios. A francesa Isabelle Huppert é uma cineasta recebida por um casal na cidade litorânea de Mohang. No mesmo local, ela interpreta, na sequência, uma impaciente mulher à espera do amante. Por fim, acompanhada de uma velha amiga, chega ao lugar para se distrair após ser traída pelo marido. Em coreano ou num inglês ?asiático? para turistas, os diálogos são simples e reforçam a pouca pretensão de uma trama minimalista, em que um dos elos é um salva-vidas galanteador (Yu Junsang).

A Visitante Francesa, de Hong Sang-soo (Da-reun na-ra-e-seo, Coreia do Sul, 2012, 90min). 12 anos. Estreou em 5/4/2013. Estação Barra Point 1, Estação Ipanema 1, Estação Rio 2.

Fonte: VEJA RIO