diversidade na telona

Festival Assim Vivemos promove inclusão cultural de deficientes

A sétima edição do evento entra em cartaz nesta quarta (5), no CCBB. O público poderá conferir 33 filmes gratuitamente

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

'Marina Não Vai à Praia' - Brasil_0
Marina Não Vai à Praia (Foto: Divulgação)

Tecidas a partir de temas como a autonomia do deficiente, as histórias retratadas na 7ª edição do Festival Assim Vivemos jogam luz sobre a possibilidade de uma vida com independência. Além dos 33 filmes de 20 países, debates sobre imagem e autismo compõem a programação no CCBB. Do Brasil, filmes produzidos entre 2012 e 2015, como Marina não vai à praia, de Cássio Pereira dos Santos, e A onda traz, o vento leva, dirigido por Gabriel Mascaro.

+ Caixa Cultural apresenta mostra de filmes da vanguarda californiana

+ Minions será exibido em nova edição do CineMaterna

+ Estrelado por Channing Tatum, Magic Mike XXL estreia no Rio

As produções vêm de países como Austrália, Espanha, Bielorrússia, Cazaquistão, Irã e Israel e têm como protagonistas, em sua maioria, pessoas com autismo, síndrome de Down, deficiência intelectual, visual, auditiva e deficiência física. Realizado a cada dois anos, o festival celebra a inclusão cultural no país. Tendo a acessibilidade como uma das diretrizes do projeto, o evento oferece áudio-descrição em todas as sessões e catálogos em Braille para pessoas com deficiência visual, além de legendas closed caption nos filmes e interpretação em LIBRAS nos debates para as pessoas com deficiência auditiva.

Confira a programação completa:

Quarta, 5/8

Sala 1

14h - O coração partido e a beleza, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2015 / 14’)

O mar me faz lembrar, de Ray Jacobus (Reino Unido / 2012 / 11’)

E agora José, Maria e João?, de Marcio Takata (Brasil / 2014 / 52’)

16h - A Criança e o Golfinho, de Katsiaryna Makhava (República da Bielorrússia / 2014 / 18’)

Soluções promissoras, de Romain Carciofo (França / 2012 / 52’)

18h - Como nos filmes, de Francesco Faralli (Itália / 2013 / 5’)

Prima Madenn, de Gregoire Thoby (França / 2015 / 73’)

Sala 2

14h30 - Carmina – Viva a diferença, de Sebastian Heinzel (Alemanha / 2014 /80’)

16h30 - O coração partido e a beleza, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2015 / 14’)

O mar me faz lembrar, de Ray Jacobus (Reino Unido / 2012 / 11’)

E agora José, Maria e João?, de Marcio Takata (Brasil / 2014 / 52’)

18h30 - A viagem de Maria, de Miguel Gallardo (Espanha / 2010 / 6’)

Alcançando as nuvens!, de Tereza Vlčková (República Tcheca / 2013 /64’)

'A Criança e o Golfinho' - Bielorrússia (3)_0
A Criança e o Golfinho (Foto: Divulgação)

Quinta, 6/8

Sala 114h - A viagem de Maria, de Miguel Gallardo (Espanha / 2010 / 6’)

Alcançando as nuvens!, de Tereza Vlčková (República Tcheca / 2013 /64’)

16h - Teatro do coração aberto, de Andranik Saatchyan (Rússia / 2015/ 15’)

Complexo de canguru, de Sarah Moon Howe (Bélgica / 2014 / 58’)

17h30 - Debate 1 - Autismos

Sala 2

14h30 - Como nos filmes, de Francesco Faralli (Itália / 2013 / 5’)

Prima Madenn, de Gregoire Thoby (França / 2015 / 73’)

16h30 - A Criança e o Golfinho, de Katsiaryna Makhava (República da Bielorrússia / 2014 / 18’)

Soluções promissoras, de Romain Carciofo (França / 2012 / 52’)

18h30 - Marcelo, de Jéssica Lopes (Brasil / 2013/ 13’)

Entrando no mundo do som, de Daniela Prusse (Suíça / 2015 / 24’)

A onda traz, o vento leva, de Gabriel Mascaro (Brasil / 2012 / 25’)

Sexta, 7/8

Sala 1

14h - Carmina – Viva a diferença, de Sebastian Heinzel (Alemanha / 2014 /80’)

16h - O entrevistador, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2012 / 12’)

Alenka, de Jan Pavur (Eslováquia / 2014 / 17’)

Marina não vai à praia, de Cássio Pereira dos Santos (Brasil / 2014 / 17’)

Outro olhar, de Renata Sette (Brasil / 2014 / 28’)

17h30 - Debate 2 - Ser artista

Sala 2

14h30 - Record Mundial, de Eduardo Lucatero (México / 2014 /80’)

16h30 - Você cairá de novo, de Alex Pachón (Espanha / 2015 / 6’)

Conjuntos, de Rodrigo Cavalheiro e Monica Farias (Brasil / 2014/ 17’)

Ser ou não ser, de  Aziz Zairov, Mukhamed Mamyrbekov (Cazaquistão / 2015/ 61’)

18h30 - Amor profundo, de Jan P. Matuszynski (Polônia / 2013 /84’)

'Beleza desconhecida' - Irã  (1)_0
Beleza desconhecida (Foto: Divulgação)

Sábado, 8/8

Sala 1

14h - Tatuagem e Terremoto, de Sávio Tarso e Nilmar Lage (Brasil / 2015 / 6’)

Mente Pura, de Kristina Lapsanska (Eslováquia / 2013 / 28’)

Beleza desconhecida, de Mahboubeh Honarian (Irã / 2014 / 47’)

16h - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

18h - Amor profundo, de Jan P. Matuszynski (Polônia / 2013 /84’)

Sala 2

14h30 - Marcelo, de Jéssica Lopes (Brasil / 2013/ 13’)

Entrando no mundo do som, de Daniela Prusse (Suíça / 2015 / 24’)

A onda traz, o vento leva, de Gabriel Mascaro (Brasil / 2012 / 25’)

16h30 - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

18h30 - Teatro do coração aberto, de Andranik Saatchyan (Rússia / 2015/ 15’)

Complexo de canguru, de Sarah Moon Howe (Bélgica / 2014 / 58’)

Domingo, 9/8

Sala 1

14h - Record Mundial, de Eduardo Lucatero (México / 2014 /80’)

16h - Você cairá de novo, de Alex Pachón (Espanha / 2015 / 6’)

Conjuntos, de Rodrigo Cavalheiro e Monica Farias (Brasil / 2014/ 17’)

Ser ou não ser, de  Aziz Zairov, Mukhamed Mamyrbekov (Cazaquistão / 2015/ 61’)

18h - Marcelo, de Jéssica Lopes (Brasil / 2013/ 13’)

Entrando no mundo do som, de Daniela Prusse (Suíça / 2015 / 24’)

 A onda traz, o vento leva, de Gabriel Mascaro (Brasil / 2012 / 25’)

'Record Mundial' - México_0
Record Mundial (Foto: Divulgação)

Sala 2

14h30 - Tatuagem e Terremoto, de Sávio Tarso e Nilmar Lage (Brasil / 2015 / 6’)

Mente Pura, de Kristina Lapsanska (Eslováquia / 2013 / 28’)

Beleza desconhecida, de Mahboubeh Honarian (Irã / 2014 / 47’)

16h30 - O entrevistador, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2012 / 12’)

Alenka, de Jan Pavur (Eslováquia / 2014 / 17’)

Marina não vai à praia, de Cássio Pereira dos Santos (Brasil / 2014 / 17’)

Outro olhar, de Renata Sette (Brasil / 2014 / 28’)

18h30 - Mãos dadas, de Ignacio Tatay (Espanha / 2014 / 7’)

Pássaro sem asas, de Sergei Andrienko (Ucrânia / 2014 / 7’)

Lições de italiano, de Tofik Shakhverdiev (Rússia / 2013 / 27’)

Independente, de Ariela Alush (Israel / 2015 / 33’)

Segunda, 10/8

Sala 1

14h - Teatro do coração aberto, de Andranik Saatchyan (Rússia / 2015/ 15’)

Complexo de canguru, de Sarah Moon Howe (Bélgica / 2014 / 58’)

16h - A viagem de Maria, de Miguel Gallardo (Espanha / 2010 / 6’)

Alcançando as nuvens!, de Tereza Vlčková (República Tcheca / 2013 /64’)

18h - Mãos dadas, de Ignacio Tatay (Espanha / 2014 / 7’)

Pássaro sem asas, de Sergei Andrienko (Ucrânia / 2014 / 7’)

Lições de italiano, de Tofik Shakhverdiev (Rússia / 2013 / 27’)

Independente, de Ariela Alush (Israel / 2015 / 33’)

Sala 2

14h30 - Amor profundo, de Jan P. Matuszynski (Polônia / 2013 /84’)

16h30 - Carmina – Viva a diferença, de Sebastian Heinzel (Alemanha / 2014 /80’)

18h30 - O coração partido e a beleza, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2015 / 14’)

O mar me faz lembrar, de Ray Jacobus (Reino Unido / 2012 / 11’)

E agora José, Maria e João?, de Marcio Takata (Brasil / 2014 / 52’)

'Amor Profundo' - Polônia (2)_0
Amor Profundo (Foto: Divulgação)

Quarta, 12/8

Sala 1

14h - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

16h - Carmina – Viva a diferença, de Sebastian Heinzel (Alemanha / 2014 /80’)

18h - O coração partido e a beleza, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2015 / 14’)

O mar me faz lembrar, de Ray Jacobus (Reino Unido / 2012 / 11’)

E agora José, Maria e João?, de Marcio Takata (Brasil / 2014 / 52’)

Sala 2

14h30 - Record Mundial, de Eduardo Lucatero (México / 2014 /80’)

16h30 - Como nos filmes, de Francesco Faralli (Itália / 2013 / 5’)

Prima Madenn, de Gregoire Thoby (França / 2015 / 73’)

18h30 - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

Quinta, 13/8

Sala 1

14h - Mãos dadas, de Ignacio Tatay (Espanha / 2014 / 7’)

Pássaro sem asas, de Sergei Andrienko (Ucrânia / 2014 / 7’)

Lições de italiano, de Tofik Shakhverdiev (Rússia / 2013 / 27’)

Independente, de Ariela Alush (Israel / 2015 / 33’)

16h - A Criança e o Golfinho, de Katsiaryna Makhava (República da Bielorrússia / 2014 / 18’)

Soluções promissoras, de Romain Carciofo (França / 2012 / 52’)

17h30 - Debate 3 - Autonomia

Sala 2

14h30 - O coração partido e a beleza, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2015 / 14’)

O mar me faz lembrar, de Ray Jacobus (Reino Unido / 2012 / 11’)

E agora José, Maria e João?, de Marcio Takata (Brasil / 2014 / 52’)

'Carmina - Viva a Diferença' - Alemanha (3)_0
Carmina - Viva a Diferença (Foto: Divulgação)

16h30 - Você cairá de novo, de Alex Pachón (Espanha / 2015 / 6’)

Conjuntos, de Rodrigo Cavalheiro e Monica Farias (Brasil / 2014/ 17’)

Ser ou não ser, de  Aziz Zairov, Mukhamed Mamyrbekov (Cazaquistão / 2015/ 61’)

18h30 - A viagem de Maria, de Miguel Gallardo (Espanha / 2010 / 6’)

Alcançando as nuvens!, de Tereza Vlčková (República Tcheca / 2013 /64’)

Sexta, 14/8

Sala 1

14h - Você cairá de novo, de Alex Pachón (Espanha / 2015 / 6’)

Conjuntos, de Rodrigo Cavalheiro e Monica Farias (Brasil / 2014/ 17’)

Ser ou não ser, de  Aziz Zairov, Mukhamed Mamyrbekov (Cazaquistão / 2015/ 61’)

16h - Tatuagem e Terremoto, de Sávio Tarso e Nilmar Lage (Brasil / 2015 / 6’)

Mente Pura, de Kristina Lapsanska (Eslováquia / 2013 / 28’)

Beleza desconhecida, de Mahboubeh Honarian (Irã / 2014 / 47’)

17h30 - Debate 4 - Imagem e Estigma

Sala 2

14h30 - A Criança e o Golfinho, de Katsiaryna Makhava (República da Bielorrússia / 2014 / 18’)

Soluções promissoras, de Romain Carciofo (França / 2012 / 52’)

16:30 - Teatro do coração aberto, de Andranik Saatchyan (Rússia / 2015/ 15’)

Complexo de canguru, de Sarah Moon Howe (Bélgica / 2014 / 58’)

18:30 - Marcelo, de Jéssica Lopes (Brasil / 2013/ 13’)

Entrando no mundo do som, de Daniela Prusse (Suíça / 2015 / 24’)

 A onda traz, o vento leva, de Gabriel Mascaro (Brasil / 2012 / 25’)

Documentário 'Enriqueta' - Chile_0
Enriqueta (Foto: Divulgação)

Sábado, 15/8

Sala 114h - Como nos filmes, de Francesco Faralli (Itália / 2013 / 5’)

Prima Madenn, de Gregoire Thoby (França / 2015 / 73’)

16h - Record Mundial, de Eduardo Lucatero (México / 2014 /80’)

18h - Teatro do coração aberto, de Andranik Saatchyan (Rússia / 2015/ 15’)

Complexo de canguru, de Sarah Moon Howe (Bélgica / 2014 / 58’)

Sala 2

14h30 - Tatuagem e Terremoto, de Sávio Tarso e Nilmar Lage (Brasil / 2015 / 6’)

Mente Pura, de Kristina Lapsanska (Eslováquia / 2013 / 28’)

Beleza desconhecida, de Mahboubeh Honarian (Irã / 2014 / 47’)

16h30 - O entrevistador, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2012 / 12’)

Alenka, de Jan Pavur (Eslováquia / 2014 / 17’)

Marina não vai à praia, de Cássio Pereira dos Santos (Brasil / 2014 / 17’)

Outro olhar, de Renata Sette (Brasil / 2014 / 28’)

18h30 - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

Domingo, 16/8

Sala 1

14h - Amor profundo, de Jan P. Matuszynski (Polônia / 2013 /84’)

16h - O coração partido e a beleza, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2015 / 14’)

O mar me faz lembrar, de Ray Jacobus (Reino Unido / 2012 / 11’)

E agora José, Maria e João?, de Marcio Takata (Brasil / 2014 / 52’)

'Pássaro Sem Asas' - Ucrânia_0
Pássaro Sem Asas (Foto: Divulgação)

18h - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

Sala 2

14h30 - Tatuagem e Terremoto, de Sávio Tarso e Nilmar Lage (Brasil / 2015 / 6’)

Mente Pura, de Kristina Lapsanska (Eslováquia / 2013 / 28’)

Beleza desconhecida, de Mahboubeh Honarian (Irã / 2014 / 47’)

16h30 - O entrevistador, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2012 / 12’)

Alenka, de Jan Pavur (Eslováquia / 2014 / 17’)

Marina não vai à praia, de Cássio Pereira dos Santos (Brasil / 2014 / 17’)

Outro olhar, de Renata Sette (Brasil / 2014 / 28’)

18h30 - Enriqueta, de Marcos Salazar Suazo (Chile / 2012 / 10’)

Gabor, de Sebastián Alfie (Espanha / 2013 / 69’)

Domingo, 17/8

Sala 1

14h - Marcelo, de Jéssica Lopes (Brasil / 2013/ 13’)

Entrando no mundo do som, de Daniela Prusse (Suíça / 2015 / 24’)

 A onda traz, o vento leva, de Gabriel Mascaro (Brasil / 2012 / 25’)

16h - Mãos dadas, de Ignacio Tatay (Espanha / 2014 / 7’)

Pássaro sem asas, de Sergei Andrienko (Ucrânia / 2014 / 7’)

Lições de italiano, de Tofik Shakhverdiev (Rússia / 2013 / 27’)

Independente, de Ariela Alush (Israel / 2015 / 33’)

'Soluções Promissoras' - França (2)_0
Soluções Promissoras (Foto: Divulgação)

18h - O entrevistador, de Genevieve Clay-Smith (Austrália / 2012 / 12’)

Alenka, de Jan Pavur (Eslováquia / 2014 / 17’)

Marina não vai à praia, de Cássio Pereira dos Santos (Brasil / 2014 / 17’)

Outro olhar, de Renata Sette (Brasil / 2014 / 28’)

Sala 2

14h30 - Record Mundial, de Eduardo Lucatero (México / 2014 /80’)

16h30 - Carmina – Viva a diferença, de Sebastian Heinzel (Alemanha / 2014 /80’)

18h30 - Você cairá de novo, de Alex Pachón (Espanha / 2015 / 6’) 

Conjuntos, de Rodrigo Cavalheiro e Monica Farias (Brasil / 2014/ 17’)

Ser ou não ser, de  Aziz Zairov, Mukhamed Mamyrbekov (Cazaquistão / 2015/ 61’)

Fonte: VEJA RIO