CINEMA

Fórmula saborosa

A ausência do brasileiro Carlos Saldanha na direção não tira a graça de A Era do Gelo 4

Por: Tiago Faria - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪??

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Desde o lançamento do primeiro episódio da cinessérie A Era do Gelo, em março de 2002, o universo da animação digital se expandiu numa velocidade extraordinária. Com o avanço do 3D, o formato ficou mais ambicioso e espetacular. Curiosamente, essa tendência ao gigantismo não alterou o ingrediente mais saboroso da franquia da Blue Sky Studios. A Era do Gelo 4, a exemplo dos anteriores, destoa da média - e agrada - ao insistir num charme até antiquado. O humor da trama flui com leveza e despretensão, no clima de velhas atrações da TV.

A fórmula, felizmente, ainda não se deixa derrubar pelo cansaço. Sobrevive inclusive à ausência do cineasta carioca Carlos Saldanha, responsável pelos outros capítulos. Hoje empenhado na continuação do desenho Rio (prevista para 2014), ele cedeu lugar a Mike Thurmeier, codiretor de A Era do Gelo 3, e Steve Martino, de Horton e o Mundo dos Quem!. A dança de cadeiras mal se nota na tela. Talvez porque o integrante mais divertido da turma continue a ser o melhor personagem de Saldanha: o esquilo Scrat. Eternamente em busca da noz perfeita, essa mascote azarada transita intrépida no mundo paleolítico no qual vivem o mamute Manny, o tigre Diego e o bicho-preguiça Sid. E rouba a cena de novo.

É o próprio roedor, aliás, quem desata as reviravoltas desta sequência. O bichinho, engolido por uma rachadura no solo, vai parar no centro da Terra e provoca uma onda de terremotos. De tão potente, o impacto separa os continentes do planeta. Acaba sobrando, é óbvio, para o trio liderado por Manny. Atirados no oceano, eles se equilibram sobre uma calota gelada, à deriva. Aventuras mais perigosas os aguardam quando caem na mira de piratas grosseirões e de criaturas mutantes.

Não espere pela perspicácia das incríveis criações da Pixar ou da Aardman (produtora do recente Piratas Pirados!). Esta aventura ingênua nem se esforça para transportar o espectador a terras desconhecidas. A intenção parece muito mais modesta - revisitar personagens que, cativantes, fazem por merecer mais uma matinê amalucada.

A Era do Gelo 4 (Ice Age: Continental Drift, EUA, 2012, 94min), de Steve Martino e Mike Thurmeier. Livre. Estreou em 29/6/2012. Dublado: Bay Market 1 e 3, Box Cinemas São Gonçalo 1, 4, 6 e 7, Cine Bauhaus 1, Cine 10 Sulacap 1, 3 e 4, Cinépolis Lagoon 5, Cinespaço Boulevard 1, 2 e 3, Cinemark Botafogo 4, Cinemark Carioca Shopping 1, 3 e 4, Cinemark Downtown 4 e 6, Cinesesc Freguesia 1, Cinesystem Bangu 3, Cinesystem Ilha Plaza 1, Cinesystem Recreio 4, Cinesystem Recreio 1, Cinesystem Via Brasil 2 e 3, Espaço Itaú de Cinemas 3, Iguaçu Top 2, Iguatemi 4 e 5, Kinoplex Nova América 6, Kinoplex West Shopping 1, Rio Sul 4, UCI New York City Center 3, 5, 6 e 13, UCI Kinoplex NorteShopping 5 e 6, Via Parque 2. Dublado, 3D: Cinemark Botafogo 6, Cinemark Downtown 8 e 12, Cinemark Plaza Shopping 4 e 7, Cinépolis Lagoon 4 e 6, Cinesystem Bangu 2, Cinesystem Ilha Plaza 4, Cinesystem Via Brasil 5, Espaço Itaú de Cinemas 4, Espaço Rio Design 1, Iguaçu Top 1, Iguatemi 1, Kinoplex Fashion Mall 2, Kinoplex Grande Rio 2, 5 e 6, Kinoplex Leblon 1 e 4, Kinoplex Nova América 5 e 7, Kinoplex Tijuca 1 e 4, Kinoplex West Shopping 2, Rio Sul 2, São Luiz 3, Rio Sul 1, Roxy 3, UCI New York City Center 2 e 12, UCI Kinoplex NorteShopping 1, 9 e 10, Via Parque 5. Legendado, 3D: Cinemark Botafogo 6, Cinemark Downtown 8, Cinemark Plaza Shopping 4, Kinoplex Fashion Mall 2, Kinoplex Tijuca 1, Rio Sul 2, UCI New York City Center 12, UCI Kinoplex NorteShopping 1.

Fonte: VEJA RIO