CINEMA

Aventuras na África

Uma zebra tenta recuperar suas listras na animação Khumba

Por: Miguel Barbieri Jr.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Para vergonha de seu bando, Khumba nasceu sem as listras, marca característica das zebras, em metade do seu corpo. O machinho, portanto, acaba culpado pelo fato de o deserto onde vivem estar sem chuvas há tempos. Quando cresce, vai atrás de uma fonte que, segundo uma lenda, devolve as riscas às zebras que ali se banharem. No caminho até lá, Khumba faz amizade com a fêmea de gnu Mama V e o avestruz Pernudo. A animação produzida na África do Sul não prima pela originalidade e, sem ir muito longe, notam-se "influências" de Madagascar e O Rei Leão. Em história pouco cativante e de humor comedido, o desenho animado ganha pontos pela técnica apurada, sobretudo ao reproduzir com rigor as paisagens africanas.

✪✪ Khumba, de Anthony Silverston (Khumba, África do Sul, 2013, 85min). Livre. Estreou em 3/7/2014.

Fonte: VEJA RIO