Novidades

Animação Cada um na Sua Casa estreia essa semana

Outros quatro filmes entram no circuito carioca

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

cada um na sua casa
(Foto: Divulgação)

Sucesso desde a pré-estreia, o infantil Cada um na Sua Casa conquistou crítico e público. No longa, a amizade do extraterrestre Oh com a menina Tip encanta a garotada, que enche as salas de cinema. Confira outras estreias:

  • Comédia / Romance

    Amor à Primeira Briga
    Veja Rio
    Sem avaliação
    Após a morte do pai, Arnaud (Kevin Azaïs) passa a trabalhar com o irmão numa pequena empresa de marcenaria numa cidadezinha litorânea da França. Prestando serviços para uma família, o rapaz reencontra Madeleine (Adèle Haenel), uma jovem com quem teve uma disputa durante um treinamento de autodefesa. A moça é dura na queda. Sem um pingo de feminilidade nem simpatia, ela está disposta a se inscrever num curso militar. Arnaud se deixa levar pela paixão e segue o mesmo caminho dela. Amor à Primeira Briga ficou com três importantes prêmios na edição deste ano do César (o Oscar francês): melhor filme, atriz (Adèle) e revelação masculina (Azaïs). Na alternância de humor e drama, o roteiro capta com sensibilidade os muitos erros e os raros acertos de uma geração em crise de identidade. Estreou em 2/4/2015.
    Saiba mais
  • A DreamWorks vem conseguindo superar em qualidade as animações da Disney/Pixar. Embora Operação Big Hero (do estúdio do Mickey) tenha tirado o Oscar da concorrente (que competia com Como Treinar o Seu Dragão 2), neste ano a DreamWorks já brindou as plateias com o divertido Os Pinguins de Madagascar e, agora, acerta de novo. Ritmo acelerado, piadas bem sacadas, efeito fofura na medida certa e um protagonista carismático são os trunfos de Cada um na Sua Casa, livre adaptação do livro infantojuvenil homônimo, escrito pelo desenhista Adam Rex e lançado no Brasil pela Editora Gutenberg. Praticamente, apenas dois personagens são o centro da trama, mas isso não é sinônimo de tédio para a criançada. O início se dá no planeta dos Boovs, seres baixinhos de seis pernas e cor lilás que vão invadir a Terra. Oh, o personagem principal, destaca-se por ser o narrador e não se encaixar nos padrões de seus semelhantes. Ele é tagarela, inconveniente, destrambelhado e, por todos os seus defeitos, revela-se um Boov diferente, simpático e mais dócil. Quando os alienígenas chegam aqui, todos os terráqueos são removidos para uma parte inóspita do planeta. Oh instalou-se em Nova York e, atrapalhado, enviou uma mensagem para os Gorgs, inimigos número 1 de sua raça. Na missão de corrigir o erro, o pequeno extraterrestre encontra Tip, uma garota em busca de sua mãe, abduzida pelos Boovs. Começa aí uma amizade à força. Estreou em 9/4/2015.
    Saiba mais
  • Inspirado em fatos reais, ocorridos em Teerã em 2009, o drama segue a trajetória do bailarino iraniano Afshin Ghaffarian (Reece Ritchie), que desafiou as convenções em seu país ao formar uma companhia de dança clandestina. Estreia prometida para 16/4/2015.
    Saiba mais
  • O arquiteto Tom (James Franco) e sua esposa, Anna (Kate Hudson), saíram dos Estados Unidos por causa da crise econômica e se instalaram na Inglaterra. Mera ilusão! Sem emprego na área, ele, agora, faz bicos como pedreiro e está prestes a perder a casa onde moram, em Londres. Após a morte de um inquilino, as coisas mudam. O casal encontra uma fortuna numa mala, volta a esconder o dinheiro, mas usa parte dele para pagar as dívidas. O caldo vai entornar, é claro. Um refinado traficante francês (papel de Omar Sy, de Intocáveis) e um sujeito violento que quer vingar a morte do irmão entram na parada para recuperar a grana. O dinamarquês Henrik Ruben Genz comanda o suspense dramático Risco Imediato no piloto automático. Além do desdobramento de revi ravoltas previsíveis, a conclusão da história mostra-se bastante inverossímil. Estreou em 9/4/2015.
    Saiba mais
  • Injustamente ignorada nas indicações ao Oscar, Hilary Swank traz uma performance de impacto no drama Um Momento Pode Mudar Tudo, extraído do livro You’re Not You (Você Não É Você), de Michelle Wildgen. Hilary interpreta a pianista Kate, que, assim como aponta o título nacional, perde os movimentos da mão de uma hora para a outra. Um ano e meio depois, ela se encontra praticamente inerte por causa de uma doença terminal, a esclerose lateral amiotrófica. Embora auxiliada pelo atarefado marido (Josh Duhamel), Kate precisa de uma cuidadora. Surge, então, a estabanada Bec (Emmy Rossum), universitária sem juízo nem habilidades que, por ser tão despreparada, acaba caindo nas graças da instrumentista. Não é difícil imaginar o restante da história, principalmente para quem viu a fita francesa Intocáveis – são duas pessoas com nada em comum tendo suas personalidades transformadas no contato diário. Conduzido com segurança por George C. Wolfe (Noites de Tormenta), o roteiro segue a cartilha emocional e fica quase impossível não chegar às lágrimas, sobretudo pela maneira cativante das duas atrizes de abraçar suas difíceis personagens. Estreou em 2/4/2015.
    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO