CINEMA

Chuva de lágrimas

Adaptação do livro de John Green, o drama romântico A Culpa É das Estrelas emociona e faz chorar sem apelações

Por: Miguel Barbieri Jr.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Autor que se estabeleceu com sucesso no segmento literário chamado de young adult, o americano John Green aprovou a adaptação de seu best-seller A Culpa É das Estrelas. Difícil ser de outro jeito. Da escolha dos protagonistas ao desenrolar de uma trama triste e sem sentimentalismo barato, o longa-­metragem envolve o espectador em um drama romântico capaz de arrancar lágrimas até dos mais insensíveis. Fase importante na vida, é na pós-adolescência que surgem as primeiras paixões concretas, a necessidade da escolha profissional, o sexo ligado ao amor. Gus e Hazel (Ansel Elgort e Shailene Woodley) se encaixam nesse universo quase adulto, mas têm limitações físicas e afetivas. Por causa de um câncer terminal, Hazel sabe de seu curto período de vida. Gus já atravessou a fase crítica da doença e precisou amputar parte de uma perna. Eles se conhecem num grupo de apoio a pacientes e, do primeiro bate-papo, nasce uma amizade. Embora a garota recuse qualquer tipo de ligação íntima (pensando no futuro sofrimento do outro), ela enxerga no adorável Gus um parceiro de todas as horas. A afinação cresce, e eles partem para Amsterdã a fim de encontrar o escritor favorito de ambos. Se há leveza e humor em algumas situações, o filme carrega a dolorosa condição de seus protagonistas, defendidos com unhas, dentes e alma por dois talentosos atores. Direção: Josh Boone (The Fault in Our Stars, EUA, 2014, 125min). 12 anos. Estreou em 5/6/2014.

Fonte: VEJA RIO