CINEMA

De tirar o fôlego

À Beira do Abismo anuncia-se como um drama, mas é um thriller policial eletrizante

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

A princípio, À Beira do Abismo parece um drama ordinário. Não demora, contudo, para o filme, em pré-estreia na cidade e com lançamento prometido para sexta (3), virar um quebra-cabeça e tomar a forma de um enigmático thriller. A produção traz uma dupla de estreantes. É o primeiro longa-metragem de ficção do diretor dinamarquês Asger Leth e o roteiro pioneiro para o cinema do venezuelano Pablo F. Fenjves. Para dar crédito à dupla, o elenco traz caras conhecidas. Protagonista de Avatar e de Fúria de Titãs, o inglês Sam Worthington interpreta Nick Cassidy.

Entre o presente e o passado recente, dá para adiantar: muito elegante, o personagem entra no Hotel Roosevelt, em Nova York, pede um quarto no último andar, uma refeição com lagosta e champanhe, escreve um bilhete de despedida, abre a janela e ajeita-se no parapeito do edifício. Lá embaixo, os pedestres vibram diante da iminente queda do suicida, e uma repórter de TV (Kyra Sedgwick) aparece para cobrir a tragédia. A história, então, retrocede e mostra como Nick chegou a tal ponto de desespero. Preso por ter roubado um diamante de um empresário bilionário (Ed Harris), esse ex-policial foi condenado a 25 anos de cadeia. Ele alega inocência, arranja um jeito de escapar das grades e, no coração de Manhattan, tenta chamar a atenção da mídia. Na chegada dos policiais, Nick faz uma exigência: só trata do assunto com a negociadora Lydia Mercer (Elizabeth Banks).

É melhor parar a sinopse por aqui. Quanto menos se revela a trama de À Beira do Abismo, mais surpreendente ele fica. Mesmo com enredo improvável, proporciona à plateia entretenimento eletrizante em tempo integral. Embora haja um frouxo confronto final entre vilão e mocinho, a narrativa ágil, os momentos de tensão e a direção sem apelo para estrondosos efeitos visuais fazem a diferença.

À Beira do Abismo, de Asger Leth (Man on a Ledge, EUA, 2012, 109min). 12 anos. Pré-estreia em cópias dubladas: Bay Market 1, Box Cinemas São Gonçalo 4, Cinemark Carioca Shopping 5, Cinesystem Bangu 6, Cinesystem Via Brasil 1, Iguatemi 2, Kinoplex Grande Rio 3, Kinoplex Nova América 1, UCI New York City Center 5, UCI Kinoplex NorteShopping 5, Via Parque 1. Legendada: Cinemark Downtown 7. Estreia prometida para sexta (3).

Fonte: VEJA RIO