EDIÇÃO DA SEMANA

Uma Volta... pelo Recreio com o surfista Carlos Burle

O surfista de ondas gigantes destaca os melhores lugares para esportistas no Recreio dos Bandeirantes

Por: Louise Peres - Atualizado em

uma-volta.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Em 1991, recém-chegado do Nordeste, Carlos Burle procurava um lugar cercado por natureza, que oferecesse qualidade de vida e fosse perto do seu trabalho, a praia. Atendendo a esses três quesitos, o Recreio ganhou de cara a preferência do surfista, que morou ali por mais de vinte anos. "Eu me lembro da Avenida das Américas com uma pista só, das dunas onde estacionávamos os carros antes das obras do calçadão, do clima de cidade pequena, em que todos se conheciam", recorda o recifense de 46 anos, que hoje mora na Barra, mas não deixou de frequentar o bairro, onde mantém o escritório de sua escolinha. "O Recreio tem muitas opções de lazer e dispõe de ótima infraestrutura de serviços, além de guardar os melhores points para o surfe no Rio", garante ele, que viaja o mundo em busca de ondas gigantes e aproveita ao máximo os momentos em que está aqui para praticar o esporte nas águas cariocas.

"É o melhor lugar no Rio para pegar onda, andar de bicicleta, correr na praia e praticar stand-up paddle"

uma-volta-mapa.jpg
(Foto: Veja Rio)

Fonte: VEJA RIO