EDIÇÃO DA SEMANA

Uma volta...pela Glória com Deborah Colker

Quando está no Rio, a coreógrafa Deborah Colker passa boa parte de seu tempo no bairro da Glória. Veja as dicas dela na região

Por: Louise Peres - Atualizado em

uma-volta.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Não foi uma busca fácil. Até encontrar o imóvel ideal para abrigar sua companhia e escola de dança, Deborah Colker levou seis anos à procura de um espaço amplo e bem localizado. Foi com essas premissas em mente que a coreógrafa descobriu, em 2003, o casarão do século XIX com 1700 metros quadrados no número 30 da Rua Benjamin Constant. "Era grande o suficiente para que pudéssemos ensaiar e ainda tinha uma estação de metrô bem ao lado", destaca a bailarina, de 52 anos, que, apesar de morar no Jardim Botânico, passa a maior parte do seu tempo nas redondezas da Glória. Depois dos ensaios, ela pode ser vista tomando açaí na lanchonete da esquina, bebendo uma cerveja na Choperia Vila Rica ou nos saraus que organiza para os moradores da região. "Uma das soluções para o Rio de Janeiro é fortalecer a vida nos bairros. Diminui o trânsito e tudo fica mais prático. É por isso que busco trazer as pessoas daqui para dentro da escola", explica a artista, que em 2014 estará de volta ao Carnaval carioca no comando da comissão de frente da Imperatriz Leopoldinense.

"É um bairro que preserva o clima de Rio Antigo e está no meio do caminho, entre a badalação da Zona Sul e a efervescência cultural do Centro"

Fonte: VEJA RIO