EDIÇÃO DA SEMANA

Uma volta... por Nilópolis com a rainha de bateria da Beija-Flor, Raíssa de Oliveira

A rainha de bateria da Beija-Flor foi criada em Nilópolis. Veja as dicas de Raíssa de Oliveira por lá

Por: Louise Peres - Atualizado em

uma-volta.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Com a proximidade do Carnaval, o início do ano torna-se sempre um período atribulado para Raíssa de Oliveira. Mas os inúmeros compromissos como rainha de bateria da Beija-Flor não a impedem de aproveitar o pouco tempo livre que sobra para curtir as atrações da cidade onde foi criada. "Nilópolis é um lugar calmo, mas com muitas opções de lazer. Gosto de andar de bicicleta, ir ao bar com meus amigos, comer pastel na feira de domingo", conta a dançarina de 23 anos, que concilia a rotina de academia e ensaios com o trabalho à frente da ONG onde ensina dança para crianças e adolescentes. A iniciativa foi uma maneira de transmitir um pouco do que vem aprendendo no mundo do samba. "As pessoas daqui me conhecem desde pequena, me param nas ruas, e eu tento retribuir esse carinho com uma ação voltada para a comunidade", diz. Veterana na Sapucaí, em 2014 ela ocupará o posto à frente dos ritmistas da azul e branco pela 12ª vez, num desfile que terá como enredo o ex-diretor da TV Globo José Bonifácio de Oliveira Sobrinho."É uma cidade tranquila, onde tem sempre um programa legal para curtir: seja um barzinho com os amigos ou um samba da melhor qualidade"

Fonte: VEJA RIO