EXPOSIÇÕES

Luz, câmera, criação

Coletiva no CCBB abre caminho para as noventa mostras reunidas no quinto FotoRio

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O FotoRio ? Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro chega à quinta edição. Realizada desde 2003, a bienal está incluída entre os dez maiores eventos do setor no mundo e neste ano conta com a parceria da Maison Européenne de la Photographie, de Paris. Entre as noventa individuais e coletivas que ocuparão quarenta museus, centros culturais e galerias da cidade até agosto, uma das mostras mais expressivas é Eu Me Desdobro em Muitos ? A Autorrepresentação na Fotografia Contemporânea. Com curadoria de Milton Guran e Joana Mazza, a dupla que coordena o encontro, foram reunidos 69 trabalhos de sete brasileiros e catorze estrangeiros.

Entre os destaques internacionais está o célebre Self Portrait, do americano Robert Mapplethorpe (1946-1989), feito um ano antes de sua morte em decorrência da aids. Na imagem em preto e branco, o artista usa camisa de gola rulê escura e segura uma bengala com uma caveira no cabo. Também dos Estados Unidos, a série de seis peças de Duane Michals, batizada Who Is Sidney Sherman?, será disposta ao lado da obra de Cindy Sherman, uma das maiores do acervo, que responde à pergunta em inglês. Da França foram trazidas criações do duo Pierre et Gilles e da radical Orlan, capaz de fazer cirurgias plásticas para modificar seus retratos. "O time nacional vai da precursora Fernanda Magalhães ao performer paulista Alisson Gothz, que faz seus registros na noite e os divulga na internet", diz Guran.

Eu Me Desdobro em Muitos ? A Autorrepresentação na Fotografia Contemporânea. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 10 de julho. A partir de terça (31).

Fonte: VEJA RIO