EXPOSIÇÕES

Visita guiada

Mostra de desenhos do americano Richard Serra propõe um diálogo entre as obras e os cômodos do Instituto Moreira Salles

Por: Rafael Teixeira

Robert McKeever/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Um dos mais renomados artistas da cena contemporânea, o americano Richard Serra destacou-se com peças de grande porte, notadamente site specifics e esculturas feitas de placas de aço retorcido. Faceta menos conhecida de sua produção - embora igualmente importante para ele -, as ilustrações dominam a mostra Desenhos na Casa da Gávea, em cartaz a partir de sexta (30) no Instituto Moreira Salles. Escolhidas pelo próprio Serra, 96 obras compõem o acervo. O nome da individual dá uma pista sobre o seu processo de criação: para instalar os desenhos na mansão onde morou o embaixador Walther Moreira Salles (1912-2001), o artista veio ao Brasil e solicitou a remoção de algumas paredes falsas, construídas por cima das superfícies de vidro do projeto original. Os trabalhos, segundo Serra, foram pinçados tendo em mente a escala da casa, e sugerem um diálogo com o projeto modernista concebido pelo arquiteto Olavo Redig Campos em 1948. Abstratas em sua grande maioria, com presença recorrente de imagens negras sobre fundo branco, as ilustrações revelam o domínio do artista sobre vários materiais: creiom, pastel e bastão oleoso, por exemplo, alternam-se sobre diversos tipos de papel.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 28 de setembro. A partir de sexta (30).

Fonte: VEJA RIO