BEIRA-MAR

Bota boa de briga nisso

Por: Carla Knoplech - Atualizado em

BM1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Estrelar a campanha de um energético na adolescência fez bem à modelo carioca Wanda Grandi, 23 anos. Obcecada por esportes, das lutas marciais ao wakeboard (esqui aquático praticado com uma prancha), ela ensaia para se tornar apresentadora do Combate, canal por assinatura especializado em pancadaria. Prestes a se formar em jornalismo, Wandinha, como ficou conhecida nos tempos de assistente de palco de Luciano Huck, vai fazer entrevistas e reportagens. Praticante de muay thai, uma espécie de boxe, ela só lamenta que, devido às novas atribuições, não consiga mais malhar todos os dias. Aparentemente, como mostra a foto ao lado, seu corpo ainda não sofreu os efeitos da inatividade. Casada há um ano com o empresário Roberto Rezinski, ela não descarta a possibilidade de posar nua, caso surja um convite. "Não é minha prioridade, mas acho um trabalho artístico lindo", diz. "Porém, antes teria de ter uma DR com meu marido." Nota do tradutor: DR é "discussão de relacionamento".

Fonte: VEJA RIO