EDIÇÃO DA SEMANA

VEJA Rio recomenda

O concerto de Sonia Rubinsky, a exposição de Luiz Zerbini e a apresentação de David Guetta

- Atualizado em

CONCERTO

Andre Fossati/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Sonia Rubinsky. Paulista, radicada em Paris, a pianista seguiu a cartilha dos virtuoses. Estreou diante da plateia aos 5 anos, dividiu os aplausos com uma orquestra pela primeira vez aos 12 e, com 16, foi convidada a exibir-se para um dos maiores no seu instrumento: Arthur Rubinstein. Aclamada pela crítica e vencedora do Grammy por um disco dedicado a Villa-Lobos, ela volta à obra do compositor carioca em um tour de force ao lado da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Sob a regência de Fabio Mechetti, no sábado (24), às 21h, no Theatro Municipal, será executada na íntegra a Suíte para Piano e Orquestra. A peça, que não era apresentada ao vivo desde 1923, fez parte do programa defendido pela solista e pelo conjunto em setembro, em Belo Horizonte. No Rio, completam o concerto, uma das atrações do Festival Villa-Lobos, mais duas obras do maestro, o prelúdio de Bachianas Brasileiras Nº 4 e Bachianas Brasileiras Nº 8, além de Prometeu, de Leopoldo Miguez. Saiba mais na coluna Shows e Concertos.

SHOW

Jason Rodriguez/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Sublime with Rome. A turnê brasileira da banda foi cancelada nesta sexta (23). Os responsáveis pela vinda do grupo ao país prevêem novas datas em março de 2013, que serão anunciadas em breve. Quem adquiriu o ticket pela ingresso.com para o show no Circo Voador neste domingo (25) terá a compra automaticamente estornada. Já as pessoas que compraram ingressos na bilheteria ou nos postos de vendas deverão fazer o reembolso no Circo Voador de terça a sexta, das 12h às 19h, ou sábado das 14h às 20h. No domingo, a bilheteria estará aberta das 16h às 22h.

EXPOSIÇÃO

Todd-White Art Photography
(Foto: Redação Veja rio)

Luiz Zerbini. Entre os mais de 100 participantes da mostra Como Vai Você, Geração 80?, montada no Parque Lage em 1984 e trampolim de algumas carreiras hoje consagradas, o artista paulista já transitava sem amarras do figurativo ao abstrato, além de experimentar com fotos e colagens. Essas características aparecem aprimoradas em Amor, a maior individual de sua trajetória, em cartaz no Museu de Arte Moderna. Foram reunidas 35 criações dos últimos dez anos. Lago Quadrado (2010), acrílica sobre tela trazida do centro de arte contemporânea de Inhotim, em Minas Gerais, é uma das obras monumentais que sobressaem ? outra, Mamanguá Recife (2011), ainda chama atenção pela explosão de cores e detalhes. O toque surrealista, que também acompanha Zerbini desde o início, está presente na grande mesa intitulada Natureza Espiritual da Realidade (2012), com elementos usados nos trabalhos, como recortes de jornal, telhas, bambus e insetos. Saiba mais na coluna Exposições.

NOITE

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

David Guetta. O DJ e produtor francês foi eleito em 2011 o melhor do mundo, segundo a publicação inglesa DJ Mag. Ao fundir a música eletrônica ao pop, ganhou prestígio e popularidade difíceis de alcançar. Em números: sua página no Facebook tem mais de 35 milhões de fãs e o hit Where Them Girls At, gravado com os rappers Nicki Minaj e Flo Rida, alcançou 140 milhões de visualizações no YouTube. Depois de uma animada apresentação no último réveillon de Copacabana, Guetta volta ao Rio na segunda (19). Vai tocar para esperadas 12?000 pessoas no Riocentro. No line-up devem aparecer I Gotta a Feeling, gravada com o Black Eyed Peas, e When Love Takes Over, com Kelly Rowland, além de mixagens do disco duplo Nothing But the Beat, lançado em 2011 e indicado ao Grammy. Feras nacionais do house, Leo Janeiro e Mario Fischetti abrem e fecham a noite, respectivamente. Saiba mais na coluna Noite.

Fonte: VEJA RIO