SUSTENTABILIDADE

Com sede no Rio, Vale lidera votação para pior empresa do mundo

Criado pela ONG Greenpeace, votação Public Eye People?s escolhe a empresa mais danosa ao planeta. Em primeiro lugar, Vale supera companhia de energia responsável por usinas nucleares do Japão

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

greenpeace.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Com sede no Rio, a mineradora Vale lidera a eleição para escolher a Pior Empresa do Mundo. Organizada desde 2000 pelas ONGs Greenpeace e Declaração de Berna, a votação também é chamada de Oscar da Vergonha, com forte crítica às corporações que mantém atividades de alto impacto ambiental. A eleição vai até a próxima quinta (26), sendo feita através do site www.publiceye.ch/en/vote. Nesta quarta, a mineradora brasileira tem 21 000 votos, 1000 a mais do que a segunda colocada, a empresa japonesa de energia Tepco. Responsável pelas usinas nucleares de Fukushina, a Tepco foi duramente criticada em 2011, quando a central foi atingida por um terremoto e sofreu um vazamento radioativo.

Com valor de mercado estimado em cerca de 299 bilhões de reais, a Vale é a maior produtora de ferro do mundo. No site da eleição, a brasileira é descrita como empresa com histórico de desrespeito aos direitos humanos, com péssimas condições de trabalho e responsável pela destruição do meio ambiente em várias partes do planeta. O texto ressalta ainda a participação da Vale no consórcio da usina hidrelétrica de Belo Monte, fortemente criticada por sua localização em meio à terras indígenas. De acordo com os ambientalistas, a Vale emite 4% das emissões de carbono no Brasil, poluente que contribui para o aquecimento global. E também seria grande poluidora das das águas, com o despejo no meio ambiente de 114 milhões de metros cúbicos de esgoto ao longo do ano de 2009.

Fonte: VEJA RIO