EXPOSIÇÕES

Estudo de linhas e formas

Ubi Bava (1915-1988), artista, professor e arquiteto, ganha individual na Ronie Mesquita Galeria

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

roteiro-expo-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Formado em arquitetura e pintura, o santista Ubi Bava (1915-1988) uniu as duas experiências acadêmicas ao longo de sua trajetória. Em 1947, tornou-se professor de desenho na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ. No campo artístico, após uma breve fase figurativa, nos mesmos anos 40, na qual se dedicou a pintar retratos e paisagens, passou, na década seguinte, a investigar o papel das figuras geométricas em telas abstratas. Apesar disso, manteve-se à margem dos grupos concretista e neoconcretista. Tinha um lirismo que, segundo suas próprias palavras, ?repugnava os ortodoxos de então?. Artista independente, tampouco se associou a qualquer outro movimento com o qual viria a flertar ao longo de sua carreira. A partir dos anos 60, decidiu criar utilizando lentes e espelhos, aproximando-se em certa medida da op art e da arte cinética -- sem, no entanto, perder de vista as preocupações formais de sua fase anterior. Um breve panorama dessa rica produção é composto pelos 22 trabalhos que serão exibidos na Ronie Mesquita Galeria a partir de terça (28).

Na seleção, seis obras foram produzidas com guache sobre cartão. Uma delas, da fase figurativa, mostra uma pessoa caminhando pela rua, com o mar ao fundo, mas as demais são trabalhos abstratos. Entre as quatro telas escolhidas, sobressaem duas sem título, apresentadas na edição de 1953 da Bienal de São Paulo. Prometem chamar mais atenção, porém, os doze objetos desenvolvidos a partir do fim da década de 60. Todos pertencem à série batizada sugestivamente como Homenagem ao Espectador. Feitas com diversos espelhos, parabólicos ou em pedaços retos, alinhados, as peças refletem o que passa diante delas em ângulos variados e convidam à contemplação.

Ubi Bava. R$ 15000,00 a R$ 50000,00. Ronie Mesquita Galeria. Rua Teixeira de Melo, 21, sobreloja, Ipanema, ☎ 2521-0197/0795. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, 14h às 18h. Grátis. Até 6 de outubro. A partir de terça (28).

Fonte: VEJA RIO