COTIDIANO

Turismo em alta nas favelas cariocas

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas mostra que mais da metade dos turistas do Rio querem conhecer as favelas

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

alemao-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a pedido do Ministério do Turismo, que será entregue nesta segunda (21) ao vice-governador Luiz Fernando Pezão, revelou que mais da metade dos turistas que chegam ao Rio tem interesse em visitar as comunidades cariocas. Os índices foram de 58,2%, entre os turistas brasileiros, e de 51,3% entre os estrangeiros. O estudo, realizado em 2011, ouviu 900 turistas que deixavam o Rio no Aeroporto Internacional Tom Jobim, além de 400 estrangeiros que fizeram um passeio no Morro Dona Marta e 25 moradores e policiais da comunidade.

Apesar dos números promissores em relação às atividades turísticas nas comunidades cariocas, ainda há muito o que melhor. A pesquisa mostrou, por exemplo, que há demanda dos turistas por informações sobre a história da favela e suas atrações culturais, o que, segundo o ministro do turismo, Gastão Vieira, seria resolvido com a oferta de cursos para melhorar a formação de guias turísticos e a escolaridades dos moradores das favelas.

Veja Também:

O novo Complexo do Alemão

Festa na favela

Por dentro da favela

Um milhão, e não é no Leblon; a bola da vez é a Rocinha e o Vidigal

Favela way of life

Fonte: VEJA RIO