COTIDIANO

Thor Batista tem Ferrari apreendida e recebe multa de 191 reais

Filho mais velho do empresário Eike Batista, Thor teve sua Ferrari parada em uma blitz, na Barra da Tijuca, no domingo (6), por estar sem a placa dianteira

- Atualizado em

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)

Filho do empresário Eike Batista, Thor, de 20 anos, teve sua Ferrari apreendida por volta das 16h do último domingo (6), ao passar por uma blitz na Barra da Tijuca. Seu veículo, uma Ferrari modelo 458 Itália, ano 2010, estava sem a placa dianteira, infração considerada gravíssima. Primogênito do homem mais rico do Brasil, perdeu sete pontos na carteira e foi multado em 191,54 reais. Além disso, terá de pagar uma diária de 39,04 para o carro, que foi levado para um depósito do Detran em Curicica.

Nos últimos meses, Thor Batista vem enfrentando uma série de problemas no trânsito. Em 17 de março, atropelou e matou Wanderson Pereira dos Santos, de 30 anos. O acidente aconteceu BR-040, que liga o Rio a Juiz de Fora, na altura de Xerém. Acompanhado por um amigo, dirigia um Mercedes McLaren Prata quando atingiu o ciclista. De acordo com laudo da perícia divulgado em abril, Thor não trafegava pelo acostamento na hora do acidente, e a vítima estaria na pista central ou na faixa da direita.

Em entrevista a VEJA Rio em 2011, Thor contou sobre sua paixão por carros esportivos e sua recente compra, um Astons Martin avaliado em 1,3 milhão de reais. Na época, também causou espanto ao dizer que jamais havia lido um livro inteiro e que realiza exames de sangue a cada dez dias para monitorar sua saúde. "Se não estou satisfeito com meu corpo, nem consigo pensar direito", disse.

Fonte: VEJA RIO