ROTEIRO DA SEMANA

Crianças

Roteiro de peças teatrais, filmes e atrações especiais para as crianças

Por: Bruna Talarico - Atualizado em

CINEMA

✪✪✪ FRANKENWEENIE. Cópias dubladas.

✪✪✪✪ HOTEL TRANSILVÂNIA. Cópia dublada.

✪✪ O MAR NÃO ESTÁ PARA PEIXE ? TUBARÕES À VISTA. Cópias dubladas.

PEIXONAUTA ? AGENTE SECRETO DA O.S.T.R.A.

ESPECIAL

FAZENDINHA PIQUENIQUE. No bairro niteroiense de Engenho do Mato, o espaço de 5?000 metros quadrados de área natural abre as porteiras nos fins de semana para atividades como pintura, passeios de bote, plantação de mudas e brincadeiras comandadas por recreadores. Também faz parte do programa o contato com animais ? patos, cabritos, galinhas, pôneis, coelhos e porquinhos-da-índia. No ambiente arborizado, que abriga uma pequena cachoeira com piscina natural, podem ser feitos piqueniques (a cesta com guloseimas, servida às 15h, está incluída no valor da entrada). O almoço em sistema de bufê custa R$ 25,00, para adultos, e R$ 12,00, para crianças de até 12 anos. Fazendinha Piquenique (100 lugares). Rua José Veloso Neto, 4, Engenho do Mato, Niterói, ☎ 7178-2855. 10h/17h. R$ 15,00 (crianças de até 3 anos não pagam).

O SENTIDO DA VIDA. O grupo de palhaços Roda Gigante, que há quatro anos atende crianças hospitalizadas em instituições públicas da cidade, apresenta o espetáculo musical com repertório bem-humorado, executado ao vivo. Canções como Besta É Tu, dos Novos Baianos, e Dor de Catuvelo, de Adoniran Barbosa, dividem espaço com versões inéditas de músicas internacionais do grupo cômico inglês Monty Python e de Frank Zap­pa, entre outros. No elenco, Cristiana Brasil, Diogo Cardoso, Éber Inácio, Florência Santangelo, Julia Schaeffer, Guilherme Miranda, Kadu Garcia e Marcos Camelo. Direção musical de Guilherme Miranda e direção de Flávia Reis (60min). Rec. a partir de 6 anos. Estreou em 27/10/2012. Centro de Referência Cultura Infância ? Teatro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 16h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (R$ 4,00 a hora). Até dia 16.

STRIKER BOLICHE. Nos moldes das casas do gênero existentes em Nova York, o espaço reinaugurado recentemente integra boliche, jogos de mesa e gastronomia em uma área de 2?000 metros quadrados. Além das vinte pistas automáticas, o público se diverte em mesas de sinuca e aparelhos de boliche virtual. O restaurante exclusivo tem cardápio que vai dos casuais hambúrgueres a opções mais elaboradas, como massas, carnes e peixes. Nos dias úteis, das 12h às 15h, o menu executivo com saladas, massas e grelhados inclui, de cortesia, uma partida de boliche. Os valores cobrados são para uma hora de jogo, para até seis pessoas. Striker BarraShopping (250 pessoas). Avenida das Américas, 4666 (BarraShopping), loja 301, Barra da Tijuca, ☎ 2431-9566. 12h/0h (sáb. e dom. até 1h). R$ 75,00 (seg. a sex. até 18h), R$ 95,00 (seg. a qui. após 18h), R$ 120,00 (sex. após 18h, sáb. e dom.). Sapatos: R$ 3,00 por pessoa. www.strikerbarra.com.br.

TEATRO

ÁGUA, de Amaury Lorenzo, André Roman e Cleiton Echeveste. O espetáculo da Pandorga Companhia de Teatro, responsável por obras como O Menino que Brincava de Ser e Cabeça de Vento, conta a história de Eli (Amaury Lorenzo), um pescador errante que, órfão por conta de uma tempestade em alto-mar, reencontra Janaína (Elis Negrão), amiga que testemunhou o acidente mas nada fez para evitá-lo. Ao acerto de contas com o passado de ambos soma-se uma discussão ligada ao uso consciente da água, à preservação de mananciais e ao respeito diante de recursos naturais. Doses de humor na encenação prometem amenizar o tema pouco ameno. Direção de Cleiton Echeveste (45min). Rec. a partir de 5 anos. Teatro Municipal Gonzaguinha ? Centro de Artes Calouste Gulbenkian (127 lugares). Rua Benedito Hipólito, 125, Centro, ☎ 2224-8283. Sábado e domingo, 17h. R$ 20,00. Até domingo (2).

BAGUNÇA NO ZOOLÓGICO, de Cláudio Figueira. Na história, um trio de pinguins disputa uma corrida, mas pega a correnteza errada e vai parar em um zoológico. Os ingênuos Pingo (Marcelo Klein) e Gota (Rodrigo Souza) caem nas graças das patas Pataqui (Sara Marques) e Patacolá (Martina Blink e Cristiana Pompeo, revezando-se ao longo da temporada). Enquanto isso, o marrento Tocha (Carlos Viegas) faz amizade com o pavão Nicolau (André Lemos). Uma confusão se arma até a chegada da jovem Aline (Marina Motta) e da girafa Abrileia (Simone Centurione e Teka Balluthy, também se alternando). Direção do autor e de Carlos Artur Thiré (60min). Rec. a partir de 1 ano. Reestreou em 14/7/2012. Teatro das Artes (457 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2540-6004. Sábado e domingo, 17h. R$ 60,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: R e V. IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 23 de dezembro.

✪✪✪✪ COISAS QUE A GENTE NÃO VÊ, de Renata Mizrahi. Da mesma autora do premiado Joaquim e as Estrelas, o sensível texto aborda a questão da disponibilidade de tempo e afeto no contexto familiar, mostrando como a compensação material para suprir a solidão infantil interfere na vida de pais e filhos. A protagonista da história é Yasmim (Débora Lamm), uma menina que vive eternamente insatisfeita, mesmo que não haja motivo evidente para isso: seu quarto, cenário em que a trama se desenvolve, é repleto de brinquedos, e suas vontades são prontamente atendidas por sua mãe (Susanna Kruger) e seu pai (Alexandre Mofati). Motivos aparentemente banais, porém, como um simples mosquito no quarto, a fazem abrir o berreiro. Trata-se, na verdade, de um recurso inconsciente da garota para chamar a atenção da família para o seu isolamento. Seus amigos, Beatriz (brilhantemente interpretada por Elisa Pinheiro), menina rica e mimada, e Raimundo (Anderson Cunha), garoto simples e cheio de vida, vão ajudá-la a entender o que se passa com ela. Escritos em rima, os diálogos exercem igual impacto sobre os pequenos, que podem refletir sobre suas reais necessidades, e os pais, também alvo do recado da autora. Direção de Joana Lebreiro (55min). Rec. a partir de 5 anos. Reestreou em 3/11/2012. Solar de Botafogo (180 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2543-5411. Sábado, 17h; domingo, 16h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até 16 de dezembro.

✪✪✪ ERA UMA VEZ, E NÃO ERA UMA VEZ, de Breno Sanches e Camile dos Anjos. Indicado ao Prêmio de Teatro Infantil Zilka Salaberry 2011 na categoria melhor texto, como autor de Conversas Inversas Histórias Diversas, Breno Sanches dirige, dez anos depois, outra peça sua encenada na estreia do Grupo Milongas. Na nova montagem da mesma trupe, o elenco dedica-se a uma trama triste, amenizada por toques de fantasia. Hugo Souza interpreta o protagonista, um menino que, após a perda do avô, não se deslumbra mais com a vida. Em seu desamparo, o garoto só tem por companhia quatro amigos imaginários. Essas figuras encarnam papéis diversos e envolvem seu criador em histórias fantásticas. Brincadeiras, enigmas e bem ensaiadas coreografias criadas por Paulo Cristo ajudam o personagem a driblar o desalento: ao revisitar passagens da infância, ele volta a se divertir e, no final das contas, conforta-se com a presença do avô em boas lembranças. Limpo, o cenário é composto de objetos pendurados a esmo, usados pelos atores como adereços que ajudam na apresentação de tramas em que se misturam contos folclóricos, folguedos e cordel. Em cena, o grupo, formado por egressos da Uni-Rio, inclui ainda Roberto Rodrigues, Patrícia Ubeda, Adriano Pellegrini e a coautora, Camile dos Anjos. Cláudio Lima (bateria), Karina Neves (flauta) e Matheus Rebelo (violão e viola) interpretam a música ao vivo, o que contribui para o bom ritmo da sessão. Direção do autor (70min). Rec. a partir de 6 anos. Reestreou em 3/11/2012. Centro de Referência Cultura Infância ? Tea­tro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 18h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (R$ 4,00 a hora). Até 16 de dezembro.

✪✪✪✪ A MENINA E O VENTO, de Maria Clara Machado (1921-2001). Nova montagem para o clássico levado ao palco pela primeira vez em 1963. André Mattos, figura conhecida da televisão e do cinema, interpreta o Vento. É com ele que a menina Maria (Isabella Dionísio) estabelece uma grande amizade, enfrentando a desconfiança dos adultos. A cena da garota voan­do pelos céus nas costas do amigo, apresentada na temporada original através do pioneiro uso de slides, desta vez é projetada em 3D, com direito a óculos distribuídos à plateia. Direção de Cacá Mourthé (60min). Rec. a partir de 3 anos. Estreou em 30/6/2012. O Tablado (147 lugares). Avenida Lineu de Paula Machado, 795, Lagoa, ☎ 2294-7847. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até 16 de dezembro.

✪✪✪✪ UMA PEÇA COMO EU GOSTO, de Marcello Morato. Em cena, três atores com clara estima por William Shakespeare ? Desdêmona Catarina (Laura Telles), Cordélia Viola (Viviane Netto) e Tróilo Cimbelino (Leonardo Miranda, destaque no bom elenco) ? se apresentam pelo Brasil. Usando bonecos e se revezando em papéis de três peças do bardo, eles dão ares regionais a clássicos: Hamlet desenrola-se em uma festa junina; Romeu e Julieta são descendentes de imigrantes italianos e a ação de A Tempestade se dá em meio a elementos que remetem à Amazônia. A trilha executada ao vivo apresenta às crianças ritmos como maracatu, samba, frevo, embolada e até rap. Direção de Lucio Mauro Filho e Duda Maia (60min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 20/10/2012. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, 3º andar, Ipanema, ☎ 3131-9333, ? General Osório. → Sábado e domingo, 16h. R$ 15,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Até 9 de dezembro.

✪✪✪✪ A PEQUENA VENDEDORA DE FÓSFOROS, adaptação de Denise Crispun para conto de Hans Christian Andersen (1805-1875). A peça não se desvia do triste tom original e proporciona aos pequenos uma experiência emocionante. É levada à cena a história de Maria (Dayse Pozato), menina bastante pobre, como foi o autor dinamarquês na infância. Ela vende fósforos pelas ruas, na tentativa de voltar com algum dinheiro para a precária casa onde mora com o pai (Paulo Trajano). Diante do frio, da fome e do desamparo, busca abrigo na fantasia, sonhando acordada com belas histórias. Na montagem dirigida pela tarimbada Lúcia Coelho, o cenário todo branco tem largas folhas de papel da mesma cor que viram pedras, amassadas, ou cobertores, esticadas. Essa solução inventiva cria a gelada noite de Natal na qual a garota encontra personagens como a linda boneca bailarina e o soldado de chumbo, brinquedos de um menino rico da vizinhança. A caminho de seu destino trágico, Maria acende os fósforos para se esquentar e só encontra conforto nos diálogos que mantém com a falecida avó (Beth Lamas). Não há final feliz, mas a sessão, para a turminha mais madura, pode inspirar uma conversa franca sobre injustiça e finitude. Direção de Lúcia Coelho (60min). Rec. a partir de 4 anos. Reestreou em 17/11/2012. Teatro Dulcina (429 lugares). Rua Alcindo Guanabara, 17, Cinelândia, ☎ 2240-4879, ? Cinelândia. Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Até domingo (2).

TRÊS MARIAS, de Gabriel Naegele. Típico das farsas, um tom burlesco domina o musical que narra as aventuras da trupe mambembe encabeçada por Antonio Maria (Naegele), Zé Maria (Leonam Thurler) e Maria Aparecida (Denise Peixoto). Completam o elenco, defendendo outros papéis e tocando instrumentos, Aline Peixoto e David Lucas. No palco, todos se desdobram em personagens diversos para apresentar a trama de amor que envolve um anjo da guarda, Gabriel (Thurler), e sua protegida, Janaína (Denise). Sem coxias, o palco escancara diante do público momentos de troca de adereços e figurinos para as mudanças de personagens, além da entrada e saí­da de cena dos atores. Direção do autor (50min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 15/9/2012. Teatro dos Quatro (402 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2239-1095. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 3,00 a primeira meia hora). Até 23 de dezembro.

✪✪✪ ZIGG & ZOGG, de Gustavo Rizzotti. Fundadores da Cia. 2 de Teatro e os únicos em cena, Gustavo Rizzotti e Bruno Caldeira vivem os personagens do título. Seres sem cor, um tanto melancólicos, eles se conhecem no palco. Conforme vão interagindo, descobrem que a criatividade é um poderoso combustível para a alegria ? e para uma vida, digamos, mais colorida, como se verá até o fim da sessão. Não há uma linha sequer de diálogo: inspirados pelo universo do cinema mudo e apoiados em técnicas de mímica, os atores contam apenas com duas pilhas de jornais. Com elas fazem uma farra, transformando papéis em objetos ao longo de cenas que encantam as crianças. Todo o crédito cabe à dupla. Rizzotti (Zigg) é também o autor e diretor da peça, enquanto Caldeira (Zogg) desenvolveu os figurinos e a trilha sonora (45min). Rec. a partir de 3 anos. Estreou em 10/11/2012. Theatro Net Rio ? Sala Paulo Pontes (100 lugares). Rua Siqueira Campos, 143, sobreloja (Shopping Cidade Copacabana), Copacabana, ☎ 2147-8060 e 2148-8060, ? Siqueira Campos. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 10h (sáb. e dom.). IR. Até domingo (2).

Fonte: VEJA RIO