EXPOSIÇÕES

Marcas do tempo

Aço e ferro oxidados servem de base às obras de Sergio Marimba

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

roteiro-exposicao-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Com senso estético apurado em quase trinta anos como cenógrafo de peças e espetáculos de dança, Sergio Marimba tem também bons serviços prestados às escolas de samba cariocas, na concepção de alegorias e adereços mesmerizantes. Em paralelo, ele construiu uma trajetória de criador visual com uma produção consistente e bem distante da chamada arte decorativa. É o que comprova sua segunda mostra individual, Lembranças Perdidas, que suscita reflexões sobre a passagem do tempo e o caráter transitório da nossa existência.

Em cartaz na Caixa Cultural, a exposição reúne trinta painéis fotográficos, duas esculturas e uma instalação. Placas de aço amassadas e chapas de ferro empilhadas servem de suporte para velhas fotografias, reproduções de documentos antigos e ampliações de prosaicas cenas infantis feitas na primeira metade do século passado. Marimba acentua o envelhecimento usando o processo de oxidação e raspagem das imagens. Também retêm a atenção as instalações Gêmeas e a impressionante Identidade, ocupando uma parede com 2 533 placas enferrujadas que emolduram fotografias 3x4.

Confira a galeria com imagens da mostra

Sergio Marimba. Caixa Cultural - Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-7666, Carioca. Terça a sábado, 10h às 22h; domingo, 10h às 21h. Grátis. Até dia 27. www.caixacultural.com.br.

Fonte: VEJA RIO