Histórias Cariocas

SBT faz pesquisa para descobrir hábitos cariocas

Histórias e curiosidades sobre o Rio e seus habitantes

Por: Lula Branco Martins

Silvio Santos vem aí, olê, olê, olá

Silvio Santos
Silvio Santos (Foto: Divulgação)

Saiu o resultado de uma enquete promovida pelo site do SBT sobre como seria o carioca típico. A ação da emissora, que em dois meses ouviu 2 000 internautas, só telespectadores do Rio, faz parte das comemorações dos 450 anos de fundação da cidade. O canal paulista, cujo dono é o apresentador Silvio Santos (que é carioca e aqui, nos anos 40, teve seu primeiro emprego, de camelô), chegou a dez hábitos com os quais os moradores daqui se identificam. Entre os mais votados, “não nos importamos de ir de sandálias de dedo a qualquer lugar” e “adoramos usar artigos baratos comprados no comércio popular da Rua da Alfândega”. No fim da apuração, para divulgar a pesquisa, o departamento de arte da TV bolou também dez desenhos do patrão que simbolizam os principais traços cariocas. Confira abaixo:

Reproducao
Infográfico (Foto: Reprodução)

Centro religioso com design caprichado

Aberta há um mês na Rua Nascimento Silva, no coração de Ipanema, a Sinagoga Edmond J. Safra impressiona pelos detalhes: a fachada, por exemplo, foi feita com pedras importadas de Jerusalém e a parte interna segue uma linha tradicional, sendo o 2º andar destinado apenas para o uso das mulheres. O projeto visual é assinado pela Via Comunicação e a direção do mais novo centro judaico do Rio coube ao rabino Gabriel Aboutboul. Comportando 440 pessoas, ela guarda em seu título uma homenagem ao banqueiro libanês morto em 1999, fundador da instituição financeira que leva o seu sobrenome — o “J” abreviado é de Jacob.

Sinagoga Edmond J. Safra
Sinagoga Edmond J. Safra (Foto: Divulgação)

Catete é cultura

Se você ainda não sacou, a gente revela logo de cara que TTK (logotipo abaixo) pronunciado ao contrário vira Catete, o simpático bairro espremido entre o Centro e a Zona Sul, que agora sedia a série de eventos TTK Sessions. Seus idealizadores são da mesma galera que esteve por trás de projetos como Urba.Na.Mente e Leblon Jazz. Nesta primeira investida, reunirão numa festa no dia 25 no Casarão Ameno Resedá — famoso palco local, por isso mesmo muito adequado à ocasião — artistas da nova geração da cultura urbana que tenham vínculos na região, como Stephan Peixoto, filho do rapper Marcelo D2, MC Amaro e os grafiteiros Márcio SWK e Airá, conhecido como “o Crespo”.

TTK Sessions
TTK Sessions (Foto: Divulgação)

23 filmes inéditos

Esse é o total de produções, ainda não vistas por aqui, que serão exibidas num telão montado no Parque dos Patins, na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul. Em sua quarta edição, no sábado (12) e no domingo (13), o Rocky Spirit, o maior festival de filmes outdoor do país, terá documentários estrangeiros (a maioria) e nacionais sobre surfe, bike e montanhismo. A organização recomenda que a plateia leve casaco, por causa do sereno. Os cariocas cinéfilos ficarão com a maior cara de fim de inverno.

Do tronco do ipê

Entre dezenas de móveis que poderiam ser escolhidos para ilustrar a capa de uma publicação sobre o designer carioca Zanini de Zanine, elegeu-se esta poltrona de madeira de demolição. O livro, com texto de Maria Cecilia Loschiavo, leva apenas o nome do profissional como título e será lançado neste fim de semana durante a Feira de Design do Rio (IDA 2015), no estande da Editora Olhares, no Armazém 4 do Píer Mauá, Zona Portuária. Na obra há fotos de trinta peças, todas elas feitas com matérias-primas de reúso, surgidas no ateliê que Zanini mantém no bairro do Anil, na Zona Oeste. A autora chama atenção para a importância dos produtos feitos a mão: “O trabalho artesanal nos reconecta com materiais fundamentais para a humanidade”. O móvel da capa ganhou o nome daquele bairro — trata-se da Poltrona Anil — e é feito com ipê-tabaco.

Divulgacao-3
Poltrona do designer Zanini de Zanine (Foto: Divulgação)

Fonte: VEJA RIO